DNIT libera ao tráfego trecho na BR-104 em Alagoas

COMPARTILHE !!
Por: DNIT  Data: 14/01/2023 às 07:38
Imagem: Reprodução

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes liberou ao tráfego nesta sexta-feira (13), trecho da BR-104, no km 11, onde ocorreu um deslizamento de uma encosta no km 11 em decorrência das chuvas de 2022.

O DNIT decretou emergência no trecho e contratou, em julho do ano passado, empresa para a realização dos seguintes serviços no local: drenagem profunda, colchão drenante, corpo do aterro em pedra para garantir a estabilidade e pavimentação. O investimento foi de cerca de R$ 3,8 milhões.

Visita – O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, e o diretor executivo, Euclides Bandeira, visitaram nesta sexta-feira (13), o trecho do km 120,4 e o km 123 da BR-101, no munícipio de Marechal Deodoro.

Neste segmento a rodovia está com o tráfego interrompido, desde novembro de 2022, devido a problemas geológicos registrados durante fortes chuvas acima da média normal de ocorrência na região. O local está sinalizado e a equipe técnica do DNIT está fazendo estudos para definir a solução de engenharia para o trecho.

A BR-101 está interditada e com o decreto de emergência será possível acelerar vários serviços, inclusive a manutenção dos trechos da rodovia estadual AL-110 que está sendo utilizada como desvio. Ressaltamos que a rodovia BR-101 já conta com empresa contratada para a realização de projeto de solução e execução dos trechos interditados.

Nesta sexta também foi realizado o processo de detonação de rocha para obras de implantação da rodovia BR-416, localizada na Serra da Catita. A rodovia, possui contrato ativo de conclusão das obras remanescentes de pavimentação, restauração da pista existente e execução de melhoramentos para adequação de capacidade e segurança.

As equipes do DNIT atuam em um trecho de 27,4 quilômetros incluindo a pavimentação de quatro quilômetros localizados na Serra da Catita (único segmento não pavimentado da rodovia no Estado). O empreendimento tem investimento total superior a R$ 92,9 milhões. O segmento da Serra da Catita deve ser concluído até 2024.