Dirigente acusado de esfaquear jogador segue preso em Alagoas

COMPARTILHE
Por: AFI  Data: 28/07/2022 às 07:18
Fonte de Imagem: Reprodução

O ex-diretor do FF Sport, Anderson Salgueiro, continua preso em Alagoas. Ele é acusado de esfaquear o atleta João Guilherme. O Ministério Público ofereceu denúncia e o caso será analisado pelo judiciário.

Testemunhas ouvidas pela polícia afirmaram que o crime aconteceu após uma discussão. A vítima teria ignorado uma ordem do clube e ido para uma festa noturna. A versão foi confirmada pelo jogador.

Depois do ocorrido, João Guilherme foi levado para o Hospital Geral do Estado e realizou procedimento cirúrgico na região do tórax. O atleta ficou internado no HGE por seis dias.

Em entrevista, o delegado responsável pelo inquérito policial, Ronilson Medeiros, afirmou que o acusado será indiciado por tentativa de homicídio qualificado. A pena para este crime varia de 12 a 30 anos de prisão.

Caso seja condenado pela tentativa, o ex-diretor pode pegar até 1/3 da pena prevista.