Dicionário muda definição de “homem” e “mulher”

Oxford revisou inúmeros significados para se enquadrar a ideologia de gênero.

COMPARTILHE
Por: Gospel Prime  Data: 16/11/2020 às 21:12
Fonte de Imagem: Reprodução
Oxford revisou inúmeros significados para se enquadrar a ideologia de gênero.

Os editores do “Oxford English Dictionary”, um dos mais conhecidos dicionários do mundo, decidiram modificar o significado da definição de “homem” e “mulher” para incluir o público LGBTQ. A mudança é mais um passo da famigerada ideologia de gênero, que tenta desconstruir os padrões de sexualidade.

De acordo com o Daily Mail, “mulher” é apontada como namorada ou amante de uma “pessoa”, que antes era definido como mulher. Da mesma forma a definição de homem passa a ser descrita como marido, namorado ou amante masculino de uma “pessoa”, antes definido por uma mulher.

Maria Beatrice Giovanardi, coletou 30.000 assinaturas alegando no verão passado, que os significados dessas palavras no dicionário eram “sexistas”, portanto a editora resolveu revisar as definições das mesmas.

O jornal também divulgou que o Oxford Dictionary fez alterações em inúmeras definições sobre o que chamam de “diversidade de gênero”, no intuito de incorporar a comunidade LGBTQ no dicionário.

Alterações sobre “gênero”

Um enviado da Oxford University Press, a editora do dicionário, disse ao The Telegraph que foi realizada uma ampla revisão das entradas do dicionário e de áreas do saber, e exemplos de uso para “mulher” e também muitos termos relacionados com a palavra.

“Expandimos a cobertura do dicionário de ‘mulher’ com mais exemplos e frases idiomáticas que retratam as mulheres de uma maneira positiva e ativa”, disse o porta-voz da editora.

“Asseguramos que sinônimos ou sentidos ofensivos sejam claramente rotulados como tal e incluídos apenas onde houver evidências de uso no mundo real”, garantiu a editora da Oxford.

Na petição de Giovanardi, a solicitação sobre as alterações dos sinônimos de mulher incluía os termos “mulher transgênero” e “mulher lésbica”.