Defesa Civil Estadual monitora municípios alagados no interior de Alagoas

COMPARTILHE !!
Por: Agência Alagoas  Data: 29/11/2022 às 10:46
Imagem: AlagoasWeb/arq

O coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Moisés Melo, informou que apesar das fortes chuvas registradas nesta segunda-feira (28), em alguns municípios alagoanos, não houve grandes ocorrências e as Defesas Civis Municipais conseguiram dar resposta necessária à população atingida. “Ocorreram alguns pontos de alagamentos, mas sem grandes ocorrências, e os municípios conseguiram suportar bem essas tempestades sem que houvesse desastre considerável”, afirmou o coronel Moisés.

Segundo ele, a Defesa Civil Estadual cumpriu seu papel de monitorar e orientar os municípios, que colocaram em prática seus planos de contingência, dando à população as orientações necessárias. “Não se fez necessário a intervenção do Estado, porque as chuvas que caíram nos municípios causaram apenas pequenos transtornos, sem grandes desastres, apenas registro de alagamentos.  O Rio Mundaú um pouco, mas tudo dentro de sua calha sem riscos para a população”, acrescentou.

Um dos municípios mais atingidos pela tempestade foi Palmeira dos Índios, que registrou vários pontos de alagamentos. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) havia emitido na tarde da segunda-feira (28), um alerta amarelo para chuvas e ventos intensos para Alagoas, Sergipe e Bahia até a manhã desta terça-feira, 29. Ao todo, 54 municípios alagoanos estão inseridos no alerta, de cor amarela, que representa grau de severidade “Perigo Potencial”.

O instituto destacou a previsão de chuvas de até 50 milímetros por dia, com ventos intensos entre 40 e 60 quilômetros por hora. Ainda segundo o Inmet, há possibilidade de queda de galhos e árvores, alagamentos e de descargas elétricas.