Curta-metragem gravada na Barra de São Miguel concorre a uma vaga no Oscar 2023

COMPARTILHE !!
Por: Agência Alagoas  Data: 15/12/2022 às 10:36
Imagem: Reprodução Instagram

O cinema alagoano está em cena, e numa das maiores do mundo! O curta-metragem “Infantaria”, dirigido pela alagoana Laís Santos Araújo e produzido por Pedro Krull, foi qualificado para disputar uma vaga no Oscar 2023, uma das mais importantes premiações do cinema mundial. 

A obra, gravada na Barra de São Miguel, litoral sul alagoano, foi financiada pela Lei Aldir Blanc Alagoas, lançada em 2020 pelo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). O curta-metragem de ficção foi qualificado após vencer o Grande Prêmio do 32ª Festival Internacional de Curtas do Rio (Curta Cinema), um dos principais eventos do país para o formato curto. Apenas dois festivais do Brasil são credenciados a selecionar curtas-metragens para pleitearem uma indicação ao Oscar.

Infantaria acompanha a família de Joana, uma garota que se prepara para seu aniversário de 10 anos enquanto deseja entrar na puberdade. Produzido pelas produtoras Aguda Cinema e Estranha Força, no elenco, três crianças que nunca haviam atuado no cinema – Ana Luiza Ferreira, Karolayne Raíssa e Francisco Nunes – contracenam com Ane Oliva, atriz consagrada na cena alagoana.

A obra já participou de festivais como Olhar de Cinema, Mostra de Cinema de Gostoso, Festival de Vitória, Mostra de Cinema de Gostoso e CineCeará, de onde saiu com três prêmios (Troféu Mucuripe de Melhor Direção, o Prêmio da Crítica de Melhor Curta-metragem e o Troféu Samburá de Melhor Curta-metragem). Além disso, foi o grande vencedor da Mostra Sururu de Cinema Alagoano, onde arrematou 7 dos 10 prêmios oferecidos na mostra, incluindo os troféus de Melhor Filme concedidos pelo júri oficial, júri popular e crítica.

Além de ter Laís na direção, roteiro e edição do filme, a obra possui em sua equipe técnica profissionais como Pedro Krull (produção), Wilssa Esser (diretora de fotografia), Leo Bulhões (captação e desenho de som), Lyara Cavalcanti e Lucas Cardoso (direção de arte), Renata Baracho (still), Bibi Soares (coordenadora de produção), Maysa Reis e Pethrus Tibúrcio (assistentes de direção).