Corpos carbonizados em acidente na Barra de São Miguel são liberados do IML

COMPARTILHE
Por: Ascom Poal  Data: 12/05/2022 às 13:19
Imagem: Reprodução

A Polícia Cientifica de Alagoas, por meio da chefia especial do Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML de Maceió) confirmou na manhã de hoje (12), que a liberação dos corpos da criança e da mulher no acidente de trânsito na Barra de São Miguel, ocorreu por ordem judicial. A sentença foi emitida pelo Juízo de Direito da 6ª Vara Civil da Capital.

Na decisão, a Juíza de Direito Amine Mafra, com base no parecer do representante do Ministério Público Estadual e diante das evidências apresentadas pelos familiares, determinou a liberação dos dois corpos das falecidas para sepultamento. Apesar da autorização, na decisão, a magistrada decidiu que as declarações de óbitos só serão emitidas pelo IML e entregues aos familiares, após a conclusão do exame de DNA.

De acordo com perita odontolegista Ana Paula Cavalcante Carneiro Nemésio, coordenadora do Departamento de Identificação Humana do IML da Capital, a terceira vítima fatal desse sinistro já havia sido identificada pelo órgão através de exame necropapiloscópico. Nesse caso, o corpo do motorista do veículo Fiat Uno, Marcos Antônio Silva dos Santos foi liberado normalmente com a declaração de óbito.

Em relação ao exame de DNA, a Polícia Científica, confirmou que as amostras de material biológico da criança e da mulher ainda não identificados desse acidente e da duas famílias já foram coletados. Essas amostras de materiais biológicos serão examinadas pelo Laboratório de Genética Forense do Instituto de Criminalística.

Veja também

Identificada família que morreu em acidente na ‘estrada da Barra’