Como saber se seu WhatsApp foi clonado

COMPARTILHE
Por: Canal Tech  Data: 17/08/2022 às 11:52
Fonte de Imagem: Reprodução

É importante saber se o seu WhatsApp foi clonado para recuperar a segurança dos seus dados o mais rápido possível. Isso porque o aplicativo de mensagens mais utilizado do país é, infelizmente, também o mais visado para prática de golpes por criminosos.

Frequentemente, a clonagem de um WhatsApp por golpistas visa propagar de links fraudulentos, roubar dados pessoais, disseminar fake news ou se passar pelo usuário para pedir dinheiro para outras pessoas. Confira abaixo algumas dicas importantes para saber se você foi vítima do crime.

Como funciona o golpe que clona o WhatsApp
O WhatsApp possui seus próprios mecanismos de defesa contra a invasão de privacidade de suas conversas no app. A criptografia de ponta a ponta, por exemplo, garante o sigilo da troca de mensagens enviadas entre os usuários.

Além disso, não há uma forma oficial de clonar o seu WhatsApp em dois ou mais aparelhos ao mesmo tempo. Ou seja, se você instalar e usar o mensageiro em outro smartphone com o mesmo número de telefone, o aplicativo deixará de funcionar no aparelho previamente configurado.

Logo, os golpes são aplicados através da engenharia social, técnica utilizada por criminosos virtuais para obter dados confidenciais de usuários. Um exemplo disso é receber mensagem de um suposto sistema de atendimento ao cliente, seja por SMS ou através do próprio mensageiro. Atualmente muitas empresas utilizam o aplicativo para atendimento e isso faz com que as chances de cair no golpe aumentem.

Também há a possibilidade de você receber uma notificação do WhatsApp solicitando um código de confirmação para usar o seu número de telefone. Isso ocorre quando alguém digita seu número e tenta registrar uma conta do mensageiro em outro smartphone.

Os métodos podem variar, mas as mensagens pedem, normalmente, dados pessoais que a empresa não solicitaria, apresentam ofertas falsas e auxílios de qualquer natureza para enganar o usuário e obter a conta. Com essas informações, os criminosos podem tentar se passar pelo dono da conta para pedir dinheiro a amigos e parentes.

Como descobrir se meu WhatsApp foi clonado

Mensagens estranhas
Quando um perfil é clonado o usuário rapidamente percebe que algumas coisas estranhas passam se suceder. A mais comum delas é o envio de mensagens que você não escreveu, mas também uma mensagem marcada como lida, mas que não lembra de ter acessado antes.

Sua conta foi acessada em outro aparelho (WhatsApp Web)
Outro ponto de atenção é receber o aviso de que sua conta do mensageiro foi acessada por outro aparelho pelo WhatsApp Web, normalmente um computador. Se não está participando do beta da função Múltiplos Aparelhos do WhatsApp, é bem provável que estejam acessando ilegalmente sua conta e se passando por você.

O que é possível fazer, segundo recomendação oficial dos desenvolvedores, é acessar a aba do WhatsApp Web, em seu smartphone, e verificar as seções ativas que possuem acesso às suas conversas. Encerre a sessão de qualquer outro dispositivo que não seja utilizado ou desconhecido.

Verifique os dispositivos que possuem acesso ao seu WhatsApp pela versão Web (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech)

Perfis clonados
Outro golpe muito comum, os perfis clonados se passam por outras pessoas e apresentam “ofertas imperdíveis”. Isso é um sinal de alerta para saber se o WhatsApp foi clonado e, por confiar em conhecidos, os usuários podem também cair no golpe e serem vítimas. Além do mensageiro, veja dicas de como saber se o celular foi clonado para aumentar ainda mais a segurança.

Rede social sendo usada para aplicar golpe a esquerda e a direita WhatsApp sendo usado indevidamente (Captura de tela: Felipe Demartini)

Estão tentando clonar meu WhatsApp, o que fazer?
Existem métodos importantes para você seguir e aprender como proteger meu WhatsApp de ser hackeado. Se você perdeu acesso ao mensageiro, deve tentar recuperar imediatamente o acesso baixando novamente o WhatsApp no smartphone e, depois, solicitar um código por SMS com seu número de telefone.

Enquanto isso, avise aos seus parentes e amigos sobre a situação. É importante que as pessoas ao seu redor estejam informadas sobre a possível tentativa de clonagem do seu WhatsApp para evitar golpes e constrangimentos. Para evitar problemas futuros, esteja atento a essas dicas para manter sua segurança.

  • Utilizem a Play Store ou a App Store para baixar aplicativos de fontes confiáveis;
  • Não compartilhe o código de registro enviado por SMS pelo WhatsApp;
  • Mantenha sua foto de perfil visível apenas para seus contatos nas configurações de privacidade do WhatsApp;
  • Utilize o AppLock para colocar senhas nos seus aplicativos;
  • Ative a verificação em duas etapas no WhatsApp.
Mantenha seu WhatsApp mais seguro contra clonagem e invasão (Captura de tela: Thiago Furquim/Canaltech)

Recurso de segurança no WhatsApp

Bloqueie e denuncie usuários suspeitos

Você é o primeiro e principal meio de defesa de sua conta. Ao ser contatado por uma conta que suspeita ser golpe, bloqueie-a e denuncie-a para evitar incômodo. Veja abaixo como proceder.

Se desejar fazer uma denúncia, você receberá a informação de que as últimas mensagens serão encaminhadas para análise, mas o usuário não será notificado.

  1. Acesse a conversa do usuário que deseja bloquear ou denunciar;
  2. Clique nos três círculos no canto superior direito;
  3. Escolha entre “Bloquear” ou “Denunciar”.
Bloqueie e denuncie qualquer mensagem que aparente ser fraudulenta no WhatsApp (Captura de tela: Rodrigo Folter)

Pronto! Essas são as maneiras que você tem de saber se seu WhatsApp foi clonado e as formas que encontra para se proteger, tanto internamente na plataforma, quanto por dicas externas.