Como saber se fui bloqueado no WhatsApp

COMPARTILHE
Por: Canal Tech  Data: 03/01/2022 às 15:46
Fonte de Imagem: Ilustração

Quer saber se foi bloqueado no WhatsApp? Felizmente, existem indícios que podem fortalecer essa hipótese. Ao bloquear alguém, o mensageiro ativa uma série de limitações para aquele perfil. São justamente essas limitações que denunciam se contato foi restringido.

Como se tratam de indícios, não é possível confirmar a suspeita. Afinal, os mesmos efeitos do bloqueio podem ser gerados por ajustes de privacidade, por falta de conexão ou, ainda, pela perda de acesso à conta. Ainda assim, a presença desses eventos tornam um bloqueio no WhatsApp (Android iOS Web Desktop) mais provável.

  1. O “visto por último” e o “online” não aparecem mais;
  2. Você não vê atualizações da foto de perfil do contato;
  3. As mensagens enviadas não são entregues (possuem apenas uma seta de “check”);
  4. Não é possível realizar chamadas no WhatsApp para esse contato;
  5. Você não consegue adicionar o número a nenhum grupo.

Com exceção das chamadas, que não estão disponíveis na versão para Web, é possível verificar esses vestígios em todas as versões da plataforma. Mas, antes de chegar a conclusões precipitadas, saiba que todas essas “pistas” devem estar presentes para indicar a ocorrência de um bloqueio.

Há ainda outro tipo de bloqueio no mensageiro: aquele feito pelo próprio aplicativo quando o usuário não respeita as diretrizes e termos de uso. Nesse caso, descobrir se você foi bloqueado no WhatsApp é um processo bem mais simples.

Para descobrir se você foi bloqueado pelo WhatsApp, basta prestar atenção no aviso exibido no momento de login (Captura: Kris Gaiato)

Ao tentar acessar a sua conta e utilizar a plataforma, você imediatamente verá o aviso: “Seu número de telefone foi banido do WhatsApp. Fale conosco para obter ajuda”. Aliás, ao contrário do que muitos pensam, não é difícil obter esse tipo de restrição. Algumas práticas podem levar a esse resultado, como:

  • Baixar o app de fontes não confiáveis;
  • Fazer o download de réplicas do WhatsApp;
  • Adicionar números a grupos sem ter permissão;
  • Enviar mensagens promocionais em massa;
  • Enviar muitas mensagens para contatos que não tenham o seu número salvo;
  • Ter o seu número bloqueado por muitos usuários em um curto intervalo de tempo.

Para encerrar a suspensão temporária do WhatsApp, entre em contato com o suporte e solicite a revisão da medida — ou avise que a restrição ocorreu por engano, se for o caso.