Com três gols de cabeça, CSA bate o Cruzeiro e reage na Série B

Azulão vence na primeira partida após a demissão do técnico Argel Fuchs

COMPARTILHE
Por: G1  Data: 20/09/2020 às 12:07
Fonte de Imagem: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas
Azulão vence na primeira partida após a demissão do técnico Argel Fuchs

O CSA se livrou da lanterna da Série B em grande estilo. Recebeu o Cruzeiro neste sábado, no Rei Pelé, e venceu por 3 a 1. Cléberson, Alan Costa e o estreante Pedro Lucas fizeram os gols do Azulão. Todos de cabeça. Destaque da Raposa, Matheus Pereira descontou. Esse foi o primeiro jogo do time alagoano sem o técnico Argel Fuchs, demitido na última quinta. O auxiliar Adriano Rodrigues. que curiosamente tem o apelido de Cabeça, comandou a equipe nesta noite.

A vitória deste sábado tranquiliza mais o CSA. O time saiu da lanterna, está agora com sete pontos e ainda tem um jogo a menos. Ocupa a 18ª posição na Série B. O Cruzeiro ficou com oito pontos e está no 15º lugar. Perdeu duas posições nesta 10ª rodada.

Ano passado, o zagueiro Alan Costa fez o gol da vitória do CSA contra o Cruzeiro no Brasileirão, em Belo Horizonte. Jogo ficou marcado na história do time alagoano. Neste sábado, vestiu a camisa de carrasco e também marcou de cabeça contra a Raposa.

Sexta-feira, o Cruzeiro recebe o Avaí no Mineirão, pela 11ª rodada da Série B. O jogo está marcado para as 21h30, em Belo Horizonte. Sábado, o CSA continua em Maceió e enfrenta o Juventude no Rei Pelé, às 16h.

O lateral-esquerdo Matheus Pereira foi o destaque do Cruzeiro. Deu muito trabalho à defesa do CSA, fez um gol, finalizou cinco vezes e ainda sofreu a falta que causou a expulsão de Rodrigo Pimpão, aos 28 do segundo tempo. Matheus mostrou muita qualidade no Rei Pelé.

O Cruzeiro começou o jogo assustando. Airton tabelou com Régis e desmontou a defesa do CSA. Na área, ele finalizou com liberdade e acertou a trave. O CSA abriu o placar na primeira chance que teve. Aos 11, Diego Renan bateu escanteio pela esquerda, Pimpão desviou na primeira trave e Cléberson apareceu na pequena área para cabecear.O Cruzeiro colocou Matheus Mendes para trabalhar numa cobrança de falta. Jean encheu o pé de longe, e o goleiro do CSA foi buscar no cantinho. Na bola parada, o Azulão ampliou, com Alan Costa. Rafinha cobrou falta na cabeça do zagueiro, que entrou no meio da defesa do Cruzeiro, apareceu livre e tirou de Fábio. Na sequência, Matheus Pereira ainda teve uma chance para a Raposa, mas parou no goleiro do CSA.