Brusque sai na frente, mas CRB arranca empate pela Série B do Brasileiro

COMPARTILHE
Por: Lance  Data: 16/07/2022 às 20:26
Fonte de Imagem: Francisco Cedrim/CRB

Medindo forças pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, CRB e Brusque entraram em campo na tarde deste sábado, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Apesar de um primeiro tempo sem gols, o clube de Santa Catarina chegou a sair na frente com Júnior Todinho, após penalidade marcada através do VAR, porém, na reta final, Anselmo Ramon igualou para o Galo, fechando a conta em 1 a 1.

Com o resultado, a equipe comandada por Daniel Paulista parou na 9ª colocação, chegando aos 24 pontos, enquanto o time comandado por Luan Carlos, por conta do tropeço fora de casa, estacionou na 12ª posição, agora com 21 pontos.

CRB TEM MELHOR INÍCIO
Fazendo valer o fator casa, a equipe do CRB foi para cima logo nos primeiros movimentos de jogo. Com isso, apostando na velocidade, tentou surpreender o sistema defensivo do Brusque, que levou a melhor até os 10 minutos.

Na sequência, até os 30 minutos, o panorama em campo era basicamente o mesmo. Entretanto, quem conseguiu oferecer o primeiro perigo foi Rafael Longuine, que ao chutar fora da área, viu a bola passar próximo ao gol de Jordan.

QUADRICOLOR MARCA, MAS GOL NÃO VALE
Apesar das poucas vezes em que se aventurou no campo de ataque, o Bruscão chegou a balançar a rede adversária com Wallace, aos 32 minutos. Entretanto, o tento acabou sendo anulado por conta de um impedimento de Fernandinho no início da jogada.

Já na reta final da etapa, a equipe catarinense tentou aproveitar o momento para pressionar o rival. Entretanto, sem muita efetividade, não conseguiu assustar o goleiro Diogo Silva, mantendo o placar zerado.

GALO VOLTA MELHOR PARA A ETAPA FINAL
Com Daniel Paulista promovendo sua primeira troca ao tirar Gum para a entrada de Diego Ivo, o CRB mostrou força nos primeiros minutos. Até os 10 minutos, martelava o sistema defensivo rival conseguindo criar uma boa chance com Fabinho, mas que parou nas mãos de Jordan.

Tentando não ficar apenas atrás, o Brusque então resolveu apostar em seu poder de ataque. E quase deu certo. Aos 13, Álvaro recebeu em profundidade e arriscou um chute que passou muito perto do travessão do Galo, para desespero do meio-campista.

BRUSQUE MARCA, MAS CRB IGUALA NA SEQUÊNCIA
Com o tempo passando, o time comandado por Luan Carlos passou a ficar um pouco mais com a posse de bola. Sendo assim, em um lance isolado após cobrança de falta de Pará, a arbitragem foi ao VAR checar um possível pênalti de Wellington Carvalho sobre Wallace. Após alguns minutos, foi assinalada a falta dentro da área, dando a deixa para Júnior Todinho bater com força rasteiro, vendo o goleiro Diogo Silva tocar na bola antes de entrar.

Não querendo perder tempo, o time da casa lançou-se ao ataque em busca do empate. E se deu bem. Após escanteio cobrado por Longuine, Emerson chegou a tocar na boca sobrando para Anselmo Ramon, sem marcação, marcar seu gol fechando a partida em 1 a 1. Nos minutos finais, já nos acréscimos, poucos foram os lances de perigo, dando a deixa para o árbitro colocar um ponto final no jogo em Maceió.

FICHA TÉCNICA

CRB 1×1 BRUSQUE

Data e horário: 16/07/2022 – 16h (de Brasília)

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)

Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Hugo Savio Xavier Correa (GO)

VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Pará, 7’/2ºT; Fabinho, 9’/2ºT; Wallace, 50’/2ºT; Gabriel Conceição, 51’/2ºT

Gols: Júnior Todinho, 37’/2ºT (1-0); Anselmo Ramon, 46’/2ºT (1-1)

CRB: Diogo Silva; Raul Prata, Gum (Diego Ivo, no intervalo), Wellington Carvalho, Bryan (Reginaldo, aos 21’/2ºT); Uillian Correia (Gabriel Conceição, aos 38’/2ºT), Yago (Wallace, aos 38’/2ºT) e Rafael Longuine; Fabinho (Richard, aos 21’/2ºT), Anselmo Ramon e Emerson. (Técnico: Daniel Paulista)

BRUSQUE: Jordan; Pará, Éverton Alemão, Wallace e Airton; Rodolfo, Zé Mateus, Balotelli (Matheus Trindade, aos 39’/2ºT) e Álvaro (Gabriel Taliari, aos 23’/2ºT); Crislan (Júnior Todinho, aos 24’/2ºT) e Fernandinho (Bruno Aguiar, aos 44’/2ºT). (Técnico: Luan Carlos)