Brasil já soma 152 milhões de pessoas com acesso à internet

COMPARTILHE
Por: Oficina da Net  Data: 19/08/2021 às 15:51
Fonte de Imagem: Pixabaty

O aumento de usuários de internet no Brasil é um dos reflexos positivos da pandemia, afinal, todos precisaram se adaptar às novas formas de comunicação.

O Brasil chegou a 152 milhões de pessoas conectadas à internet, o que representa o total de 81% de toda a população no país, entre 2020 e 2021. Esse número foi apontado pela pesquisa intitulada "TIC Domicílios 2020", elaborada pelo Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação), e com o apoio da Unesco e do Cgi.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil). Segundo a pesquisa, esse aumento é um dos reflexos positivos ocasionados pela pandemia da COVID-19.

Uso da internet cresce no Brasil e chega a 81% da população

Divulgados nesta quarta-feira (18), os resultados mostram que o aumento de usuários de internet tem ligação direta com os desafios causados pela pandemia, onde precisaram adotar uma nova forma de comunicação, respeitando o limite do distanciamento social.

De acordo com os dados, o crescimento teve maior expressão principalmente entre moradores de áreas rurais: 70% contra 53% da pesquisa realizada em 2019. Pessoas com 60 anos ou mais também tiveram um aumento na participação da comunidade online, saltando de 34% para 50% no mesmo período.

Além destes, outros grupos de pessoas representaram uma fatia no crescimento de usuários de internet no país: pessoas que possuem apenas ensino fundamental (73%), mulheres (85%) e pessoas de classes sociais D e E (67%). A principal forma de conexão responsável por este crescimento é a banda larga fixa que obteve um aumento de 12 p.p entre essas classes.

Reflexo positivo da pandemia

O fato de mais pessoas estarem conectadas têm relação direta com o cenário atípico ocasionado pela pandemia, desde março do ano passado. Com o isolamento social, serviços digitais ganharam destaque em todo o país.

Os alunos e professores precisaram se adaptar ao método de ensino homeschoolingFuncionários de escritórios, telemarketing e outros departamentos adotaram o método home office. Até as religiões, como as Testemunhas de Jeová, por exemplo, precisaram se adaptar para realizar suas reuniões por meio de aplicativos de videoconferências.

Além disso, foi durante a pandemia que o Banco Central anunciou o PIX, meio de pagamento instantâneo onde torna a realização de transferências bancárias de forma muito mais simplificada e ágil. Os pagamentos do auxílio emergencial, que aconteceram de maneira online, é outro fator que incentivou o crescimento da comunidade online.

Até a pesquisa TIC Domicílios 2020 precisou adotar as novas mudanças, já que antigamente era realizada de maneira presencial. Com a maioria das entrevistas sendo realizadas por telefone, foram analisados 5.590 domicílios e 4.129 indivíduos.

A parte triste desta notícia é que mesmo com este crescimento significativo, o Brasil ainda sofre com a desigualdade social e o acesso a internet ainda enfrenta muitos obstáculos. De acordo com o levantamento realizado, as classes mais altas, com pessoas de maior escolaridade e os mais jovens ainda são os principais utilizadores de serviços digitais. O preço da conexão ainda é a principal barreira para classes mais pobres se beneficiem com o acesso online.