Bisavó morre horas antes de sepultar a neta que morreu em acidente de trânsito

COMPARTILHE
Por: Array / TV Vitória/Record TV  Data: 26/12/2019 às 19:25
Fonte de Imagem: Reprodução

As duas foram sepultadas no dia do Natal

A bisavó da capixaba Paloma Coswosck da Silva, de 25 anos, morta depois de um acidente em Santa Catarina, no Sul do país, no último dia 13, acabou falecendo horas antes de sepultamento da bisneta.

De acordo com informações do pai da jovem, Admilson Izidio, a idosa tinha 100 anos e se preparava no banho, quando começou a passar mal.

‘Ela sabia para onde estava indo. Ela começou a passar mal horas antes da chegada do corpo da minha filha que seguia para o sepultamento. Levamos ela para hospital, mas infelizmente ela não resistiu. Ele teve um infarto”, contou Admilson.

O caso
Paloma sofreu um grave acidente de carro quando estava em Santa Catarina, no último dia 13. No veículo estavam a jovem capixaba e quatro amigos. O grupo fazia viagem de estrada para um sítio, onde iriam passar um fim de semana. O automóvel pegou fogo, após se envolver em uma batida com outros cinco carros. O pai diz que a diversão com os amigos era algo corriqueiro para a filha, ao fim de um semestre de estudos.

Admilson disse que a universitária não fez comentários sobre a viagem e que deve imaginar que o sítio era um destino corriqueiro dela e dos amigos, principalmente aos fins de semestre de estudos, como havia ocorrido neste mês.

Vaquinha para translado do corpo
A família demorou quase duas semanas para fazer o traslado do corpo de Paloma. Isso porque era alta a quantia de dinheiro a ser gasta. Mas graças à solidariedade de amigos foi possível levantar os quase R$ 20 mil que foram usados para a despesa.

De acordo com o pai de Paloma, a vaquinha foi organizada na internet e também contou com a cooperação de anônimos.

Ela se mostrou muito agradecido com o ato de ajuda, inclusive com o fato de contar com o apoio de pessoas que nunca viu. E disse desejar que a filha seja lembrada como “uma moça feliz”. “Ela era uma pessoa muito alegre.”

Para os parentes de Paloma, o dia é duplamente triste, pois além da morte da jovem, a bisavó da universitária também morreu. De acordo com o pai da jovem, a idosa de 100 anos teve um infarto quando tomava banho. A bisavó estava se preparando para a chegada do corpo da bisneta.