Autor de facada contra Bolsonaro pode ser solto em breve

COMPARTILHE
Por: Correio 24 Horas  Data: 25/07/2022 às 16:12
Fonte de Imagem: Reprodução

O autor da facada em Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, pode ser solto em um mês. Segundo o g1, peritos da Justiça avaliam, nesta segunda-feira (25), se ele apresenta perigo, em um trabalho no Presídio de Campo Grande (MS).

Em 2019, o agressor de Bolsonaro foi diagnosticado com transtorno delirante permanente paranoide, e por isso, ele está inimputável, ou seja, não pode ser punido criminalmente. Agora, caso os peritos não notem periculosidade, ele poderá ficar em liberdade.

Os quesitos de análise são apresentados pelo Ministério Público Federal e pela Defensoria Pública da União. O laudo sobre a saúde mental de Adélio deve ficar pronto em até 30 dias após a conclusão dos trabalhos.

Segundo o portal, a perícia deveria ter sido realizada até 14 de junho, mas não havia peritos disponíveis na ocasião, o que levou à suspensão do procedimento.

O atentado contra o então candidato à presidência aconteceu em 6 de setembro de 2018, enquanto Bolsonaro realizava um ato de campanha na cidade mineira de Juiz de Fora. Entre apoiadores, foi atacado por Adélio Bispo, que deu uma facada no abdômen do presidente.

Adélio Bispo confessou o crime. Após o atentado, Bolsonaro teve de ser operado em diversas ocasiões.