Após assassinar a mãe ator pretendia matar primeiro-ministro do Canadá

COMPARTILHE !!
Por: Jovem Pan  Data: 15/06/2022 às 14:51
Imagem: Reprodução

O ator Ryan Grantham confessou que assassinou sua mãe, Barbara Waite, de 64 anos, e que tinha planos de matar o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau. Os detalhes do caso estão sendo analisados na audiência de condenação que deve ser concluída nesta quarta-feira, 15, no Supremo Tribunal da Colúmbia Britânica, na cidade canadense de Courtenay.

Conforme divulgado pela emissora local CBC News, o estado mental do jovem artista, de 24 anos, e seu comportamento é o que devem definir seu tipo de condenação, podendo pegar prisão perpétua. O ator interpretou Jeffery Augustine na série “Riverdale”, sucesso teen disponível na Netflix, e participou na série “Supernatural”.

Atuando desde a infância, ele também esteve no elenco de vários filmes, incluindo o primeiro da franquia “Diário de um Banana”, lançado em 2010.  

Ryan atirou na nuca da sua mãe enquanto ela tocava piano em casa. No dia seguinte ao crime, ele colocou armas, munição, coquetéis molotov e suprimentos no carro e, com um mapa, seguiu em direção a Ottawa para matar o primeiro-ministro.

Em dois relatórios psiquiátricos apresentados na audiência, há um consenso de que o ator passou por um intenso período de depressão nos meses que antecederam o assassinato. Os relatórios também apontaram transtornos relacionados ao uso de drogas. Ryan teria matado a mãe para poupá-la de ver o que ele pretendia fazer com o primeiro-ministro.

Após assassinar Barbara, o ator saiu de carro e deixou o corpo no local, no entanto, no meio do caminho, ele desistiu de seguir com o plano e se entregou à polícia. O crime aconteceu em março de 2020.