Anéis e outras bijuterias repelem insetos por mais de uma semana

COMPARTILHE !!
Por: Diário da Saúde  Data: 20/10/2022 às 08:03
Imagem: Fanfan Du et al

Que tal trocar o seu repelente de insetos, tipicamente aplicado sobre a pele, por um anel, pulseira ou outra bijuteria?

Um novo tipo de tecnologia de dispensa de químicos repelentes de insetos acaba de ser desenvolvida por cientistas da Universidade Martin Luther Halle-Wittenberg (Alemanha).

Com a ajuda de uma impressora 3D, o ingrediente ativo é primeiro “encapsulado” em um material e então moldado na forma desejada – como um anel ou pulseira – que irá liberando o agente repelente de insetos por um longo tempo.

Os pesquisadores desenvolveram seus protótipo usando o IR3535, um repelente de insetos usado em todo o mundo há muitos anos. Ele é geralmente aplicado como spray ou loção, e oferece várias horas de proteção. No entanto, o professor René Androsch e sua equipe queriam maneiras de liberar o agente por um período muito maior.

A melhor opção foi inserir o repelente de insetos em um polímero biodegradável, de onde ele é liberado de maneira controlada, e então moldar a mistura em vários formatos usando uma técnica adequada de impressão 3D.

A taxa na qual o repelente de insetos evapora depende de muitos fatores, incluindo temperatura ambiente, concentração do princípio ativo aplicada ao polímero e estrutura do polímero usado.

“A ideia básica é que o repelente de insetos evapore continuamente e forme uma barreira para os insetos,” explica a pesquisadora Fanfan Du, idealizadora da técnica.

Protótipos
Depois de realizar vários experimentos e simulações, a equipe prevê que o repelente de insetos precisa de mais de uma semana para evaporar completamente a uma temperatura de 37°C.

Embora os pesquisadores tenham provado que é viável desenvolver um “repelente de insetos de vestir”, como eles dizem, os anéis e outras formas criadas para o estudo são apenas protótipos, e ainda não há previsão de sua colocação no mercado.