Alvo de operação da 1ª Cia de São Miguel dos Campos morre em troca de tiros com o PELOPES em Maceió

Arma de fogo usada contra as forças de segurança foi apreendida

COMPARTILHE
Por: AlagoasWeb  Data: 30/12/2020 às 16:55
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Reprodução
Arma de fogo usada contra as forças de segurança foi apreendida

Dando sequência a ação que teve início na manhã desta quarta-feira (3), para cumprir mandado de prisão expedido pela 17ª Vara da Capital, guarnições da 1ª Cia Independente de Polícia Militar de São Miguel dos Campos, trocaram tiros com um homem no conjunto Eustáquio Gomes, na parte alta de Maceió.

A operação teve início nas primeiras horas do dia e tinha como alvo Marcos Antônio Araújo dos Santos, vulgo ‘Tino’, oriundo de São Miguel dos Campos. Na primeira incursão dos militares, um homem foi preso armado, 1ª Cia de São Miguel cumpre mandado em Maceió e prende suspeito com arma de fogo

Sob determinação do comandante da 1ª Cia, capitão PM Emerson, o setor de inteligência (P2) vinha trabalhando para localizar o suspeito, encontrado na área do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD).

‘Tino’ era foragido da Justiça e foi alvo da operação ‘Casa de farinha’, desencadeada em setembro, pela Secretaria de Segurança Pública e DEIC. Na ocasião varias pessoas foram presas, mas o ele conseguiu escapar, reveja: Casa de Farinha: Operação cumpre mandados de prisão, busca e apreensão em São Miguel dos Campos

O boletim policial da operação aponta que, após os militares do PELOPES da 1ª Cia realizar o cerco a um imóvel onde o suspeito estava escondido, chamar por ele e informar que se tratava de uma ação para cumprir determinação da Justiça, o homem ignorou as ordens e foi necessário invadir a casa para cumprir o mandado, mas, ao ter acesso ao interior da residência, a polícia foi recebida a bala. Pelo menos três disparos de arma de fogo foram efetuados contra os polícias.

Ainda segundo o boletim da ação, os militares reagiram e balearam o acusado, que foi atingido por um disparo na região do tórax. ‘Tino’ foi socorrido e encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu e morreu na unidade.

Com o homem, a PM apreendeu um revólver calibre 38, usado contra os policiais, além de três munições deflagradas.

A ação foi realizada sob conhecimento da coordenadoria operacional do CPC, em conjunto com o Oficial de Operações do BPGD. Os procedimentos da operação foram realizados na Delegacia da Homicídios da Capital.