Alagoas tem mais 25 mortes por Coronavírus; número de curados da doença chega a 16 mil

COMPARTILHE
Por: Ascom SESAU/AL  Data: 16/06/2020 às 18:10
Imagem: Reprodução

O Boletim Epidemiológico desta terça-feira (16/06) confirma mais 706 casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 23.632 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 6.434 estão em isolamento domiciliar e 288 internados em leitos públicos e privados. Outros 16.115 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 1.964 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 25 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 793 óbitos por Covid-19.

Mais 25 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Dezesseis pessoas que residiam em Maceió foram vítimas da doença, sendo nove homens, com idades de 75, 80, 98, 61, 51, 78, 77, 90 e 81 anos; e sete mulheres de 79, 88, 88, 53, 84, 95, 76 anos.

O homem de 75 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Veredas; o homem de 80 anos era diabético e faleceu no Hospital Veredas; o homem de 98 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 61 anos também não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Arthur Ramos; o homem de 51 anos era hipertenso e faleceu na UPA Trapiche; o homem de 78 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 77 anos também não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Veredas; o homem de 90 anos tinha doença cardíaca crônica e faleceu no Hospital do Coração; e o homem de 81 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu na MedRadius.

Em relação às vítimas do sexo feminino, a mulher de 79 anos era hipertensa e faleceu no HGE; a vítima de 88 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Veredas; outra mulher de 88 anos era diabética e faleceu no HGE; a mulher de 53 anos era hipertensa e faleceu no Hospital Metropolitano; a vítima de 84 anos era diabética e faleceu no Hospital da Mulher; a mulher de 95 anos tinha doenças respiratórias crônicas e faleceu no Hospital Unimed; e a vítima de 76 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher.

A Covid-19 vitimou mais nove pessoas que residiam no interior do estado, sendo seis homens e três mulheres. O homem de 55 anos que morava em Olho d´Água das Flores era hipertenso e faleceu no HGE; o homem de 91 anos que morava em São Luís do Quitunde era hipertenso e faleceu no HGE; o homem de 74 anos que residia em Pilar era diabético e faleceu no Hospital da Mulher; um homem de 90 anos que morava em Palestina era diabético e faleceu no Hospital Clodolfo Rodrigues; o homem de 85 anos , de Palmeira dos Índios, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Santa Rita; e o homem de 80 anos que morava em Rio Largo não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Ib Gatto.

A mulher de 59 anos que residia em Rio Largo era diabética e faleceu no Hospital Ib Gatto; a mulher de 46 anos que também morava em Rio Largo era diabética e hipertensa e teve o óbito registrado no Hospital Metropolitano; e a vítima de 44 anos que morava em Coruripe era diabética e faleceu no Hospital Unimed.