Alagoas se aproxima dos 40 mil casos confirmados de Coronavírus

Estado agora tem 1.134 óbitos

COMPARTILHE
Por: Ascom SESAU/AL  Data: 05/07/2020 às 06:36
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Arquivo
Estado agora tem 1.134 óbitos

O Boletim Epidemiológico deste sábado (04) confirma mais 851 casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 39.255 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 7.717 estão em isolamento domiciliar e 253 internados em leitos públicos e privados. Outros 30.695 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 2.340 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 21 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 1.134 óbitos por Covid-19.

Mais 21 mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Quatro vítimas residiam em Maceió, sendo duas mulheres, de 71 e 49 anos; e dois homens de 83 e 71 anos. A mulher de 71 anos era diabética e faleceu no Hospital do Coração; e a mulher de 49 anos era hipertensa e faleceu no Hospital da Mulher. O homem de 83 anos era hipertenso e faleceu no Hospital da Mulher; e o homem de 71 anos era diabético e faleceu na Santa Casa de Maceió.

A Covid-19 vitimou mais 17 pessoas que residiam no interior do Estado, sendo treze homens e quatro mulheres. O homem de 65 anos, de Cajueiro, era diabético e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 73 anos, de Palmeira dos Índios, não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA Palmeira dos Índios; outro homem de 71 anos, de Palmeira dos Índios, tinha doença cardiovascular e faleceu no Hospital Santa Rita; o homem de 71 anos, de Marechal Deodoro, era diabético e faleceu no Hospital Vida; outro homem de Marechal Deodoro, de 46 anos, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 83 anos, de Joaquim Gomes, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 70 anos, de Matriz do Camaragibe, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Luiz Arruda; o homem de 85 anos, de Jequiá da Praia, não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA Coruripe; o homem de 56 anos, de Novo Lino, era diabético e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; o homem de 87 anos, de Tanque d´Arca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; o homem de 88 anos, de Igreja Nova, tinha doença cardiovascular e faleceu no Hospital Djacy Barbosa; o homem de 64 anos, de Arapiraca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; e outro homem de Arapiraca, de 50 anos, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Regional.

Em relação aos óbitos do sexo feminino, a mulher de 80 anos, de Arapiraca, era diabética e faleceu no Hospital Daniel Houly; outra vítima de Arapiraca, de 78 anos, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; a mulher de 84 anos, de Palmeira dos Índios, não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA Palmeira dos Índios; e a mulher de 74 anos, de Junqueiro, era diabética e faleceu no Hospital Regional de Arapiraca.