Alagoas conta 15 mortes por Covid e mais de 12 mil casos estão sendo investigados

COMPARTILHE
Por: Com Agência Alagoas  Data: 09/03/2021 às 05:59
Fonte de Imagem: Michael Dantas

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desta segunda-feira (08), confirma mais 541 novos casos de Covid-19 em Alagoas. O estado tem um total de 136.107 casos confirmados do novo coronavírus, dos quais 3.028 estão em isolamento domiciliar. 129.328 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e estão recuperados da doença.

Há 12.865 casos em investigação laboratorial. 15 mortes foram registradas em Alagoas. Agora o estado tem 3.102 óbitos por Covid-19.

Para ter acesso ao boletim epidemiológico, baste clicar neste link e baixar os dados da Covid-19.  

Óbitos – No boletim desta segunda (03) foram confirmadas, laboratorialmente, mortes por causa do coronavírus: sete vítimas da capital e oito do interior. As vítimas de Maceió eram dois homens de 56 e 89 anos e cinco mulheres de 34, 39, 63, 66 e 88 anos.

O homem de 56 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital da Mulher (HM), o de 89 anos também não tinha comorbidades e morreu no Hospital do Coração de Alagoas, a mulher de 34 anos era diabética, hipertensa e morreu na Santa Casa de Maceió; a de 39 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Veredas, a mulher de 63 anos tinha diabetes, doença cardiovascular e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), a mulher de 66 anos tinha hipertensão arterial, cardiopatia, doença pulmonar obstrutiva crônica e morreu no Hospital Arthur Ramos, a mulher de 88 anos era hipertensa, tinha doença cardiovascular e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA).

As vítimas que residiam no interior eram quatro homens de 51, 63, 65 e 69 anos e quatro mulheres de 19, 57, 66 e 69 anos. O homem de 51 anos, morava em Marechal Deodoro, não tinha comorbidades e morreu na Unidade Mista José Carlos Gusmão, em Marechal Deodoro; o de 63 anos era de Arapiraca, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca; o de 65 anos, morava em Delmiro Gouveia, era diabético e morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema; o de 69 anos, residia em Mata Grande, tinha doença cardiovascular e também morreu no Hospital Clodolfo Rodrigues, em Santana do Ipanema; a mulher de 19 anos, morava em Palmeira dos Índios, era obesa e morreu no Hospital Regional Santa Rita, em Palmeira dos Índios; a de 57 anos, morava em Marechal Deodoro, era de diabética, tinha doença cardiovascular e morreu na Unidade Mista José Carlos Gusmão, em Marechal Deodoro; a mulher de 66 anos, morava em Arapiraca, era hipertensa e morreu no III Centro de Saúde de Arapiraca; a mulher de 69 anos, morava em Teotônio Vilela, era diabética, hipertensa e morreu no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca.