Alagoana agredida pelo marido desaparece com os dois filhos em Goiás

COMPARTILHE
Por: Array / AlagoasWeb com informações de agências  Data: 13/12/2018 às 09:35
Fonte de Imagem: Facebook/Reprodução

Erisvânia, de 19 anos, sumiu com os filhos no domingo, dia 09; a jovem era vítima de violência doméstica

Familiares da alagoana Erisvânia Silva Santos, estão desesperados sem notícias dela a quatro dias. A jovem de 19 anos, residente em Rio Verde (Goiás) há pouco menos de um ano, sumiu desde o último domingo, dia 09.

De acordo com informações da família, ela saiu de casa com os filhos e desapareceu.

Uma irmã de Erisvânia, Maria Edivalda Silva, de 25 anos, residente em Alagoas, disse que ela estava sendo vítima de agressões pelo marido e que esse pode ser o motivo de seu desaparecimento.

Edivalda disse, ainda, que a mãe, Aldelina Silva Santos (55 anos), vem sofrendo sem notícias da filha, a mulher não tem dormido e nem come de preocupação.

Ainda segundo a família, Erisvânia mora com o marido, Jailson e os dois filhos (duas crianças de 6 e 4 anos). Sem condições financeiras de chegar a Rio Verde, a família apelou para redes sociais (Facebook) e pede ajuda através de uma postagem para encontrar a jovem.

A irmã (Edivalda) afirma que Erisvânia vinha sofrendo muito e fazia promessas de ‘desaparecer’, caso continuasse a ser agredida pelo companheiro. “Eu tenho áudios dela conversando com as amigas onde ela conta que apanha muito, muito do marido. Ela falou que se continuasse daquele jeito, ela ia pegar os dois filhos dela e sumir (sic)”, disse.

Através da postagem, Maria Edivalda revela que a alagoana foi vista pela última vez em um bar (Bar da Irenir) no bairro São Tomás, em Rio Verde. Outra irmã, que também vive na mesma cidade, tem procurado desesperadamente pela jovem, sem sucesso.

Dois números de telefone estão sendo colocados à disposição para qualquer informação sobre o paradeiro de Erisvânia Silva Santos, 82 9.8219-6736 (Maria Edivalda, em Alagoas) e 64 9237-8873 (Edivânia, Rio Verde).