Ação rápida de militares evitou tragédia no Distrito Luziapolis em Campo Alegre

COMPARTILHE
Por: AlagoasWeb  Data: 16/11/2021 às 14:55
Fonte de Imagem: CISP 02

Homem foi preso por atear fogo na casa e agredir a companheira

A ação rápida da guarnição formada pelos militares, cabo PM Alan e soldados Italo Silva e Luís Carlos, do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP/02) de Campo Alegre, evitou uma tragédia na noite desta segunda-feira (15), no Distrito Luziápolis.

Homem embriagado bate na esposa e toca fogo na casa em Campo Alegre

A chegada rápida da guarnição, após receber o informe da situação através de populares e via Copom, evitou que o fogo, ateado numa casa por um indivíduo embriagado e drogado, segundo a polícia, acabasse em morte (ou mortes).

De acordo com os militares, o suspeito estava dentro da casa com o portão fechado, “totalmente descontrolado e ameaçando quem tentasse entrar”, esclareceu a reportagem do AlagoasWeb o comandante da guarnição, cabo Alan.

O indivíduo, ainda segundo a polícia, estava armado com uma tesoura e chegou a destruir vários moveis e objetos dentro da casa. “Arremessou objetos pesados e pontiagudos nas pessoas que tentaram tirar ele do local, já em chamas”, completou o cabo.

Após ouvir testemunhas, os militares tomaram conhecimento que homem, horas antes, participou de uma festa, onde supostamente fez uso de entorpecentes (maconha e álcool) e ficou descontrolado.

Enquanto os militares tentavam entrar na casa, o fogo se espalhou, alcançou o telhado do imóvel e atingiu parcialmente uma casa vizinha. Ainda assim, o suspeito não cedeu as negociações e continuava ameaçando os policiais.

O homem, ainda segundo a PM, disse por diversas vezes que estava pronto para morrer no fogo e continuava arremessando objetos na guarnição, que não teve outra alternativa a não ser invadir a casa para evitar, inclusive, a morte do próprio indivíduo.

O homem foi imobilizado e retirado do imóvel em segurança, com apenas escoriações.

Com ajuda de populares, que fizeram uso de baldes e mangueiras e de um caminhão de combate a incêndio, os policiais fizeram uso de extintores da própria viatura e outros veículos de vizinhos e conseguiram apagar o fogo.

O Corpo de Bombeiros já havia sido acionado e chegou em seguida. A guarnição ABS 11 (Base de São Miguel dos Campos), realizou os procedimentos de rescaldo do ambiente para evitar novos focos de incêndio.

O indivíduo preso foi levado para 6ª DRP, onde deve ser autuado por incêndio criminoso e violência doméstica. Ele permanece sob custodia da Polícia Civil.

O trabalho rápido dos militares foi parabenizado pela comunidade local.