5 novos remédios chegam ao programa Farmácia Popular, veja quais

COMPARTILHE !!
Por: Ministério da Saúde  Data: 30/09/2022 às 15:58
Imagem: AlagoasWeb

Para o tratamento médico de brasileiros com doenças crônicas, o Ministério da Saúde anunciou, na quinta-feira (29), que serão incorporados cinco novos remédios ao programa Farmácia Popular do Brasil. Com a inclusão das medicações, pacientes com diabetes e hipertensão (pressão alta) terão a acesso a um leque maior de terapias gratuitas ou com custo reduzido.

Vale explicar que o Farmácia Popular é um dos principais programas para distribuição de medicamentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a Saúde, mais de 20 milhões de brasileiros são beneficiados pela iniciativa, que conta com 30 mil farmácias particulares credenciadas e está presente na maioria das cidades do país.

Quais são os remédios?

Segundo o Ministério da Saúde, serão incluídos os seguintes medicamentos no programa Farmácia Popular:

  •  Besilato de Anlodipino 5 mg: o remédio é prescrito para hipertensão arterial (pressão alta) e poderá ser retirado de forma gratuita, com a prescrição;
  •  Dapagliflozina 10 mg: o remédio é prescrito para o diabetes tipo 2, associado a doença cardiovascular. Neste caso, a modalidade de acesso será de copagamento (custo reduzido);
  •  Espironolactona 25 mg: remédio é prescrito para hipertensão arterial e poderá ser retirado de forma gratuita;
  •  Furosemida 40 mg: a medicação é indicada para hipertensão arterial e deve ser obtido de forma gratuita;
  •  Succinato de Metoprolol 25 mg: a medicação é indicada para hipertensão arterial e deve ser obtido de forma gratuita.

Quando os novos remédios vão chegar ao programa Farmácia Popular?

Como regra, os remédios devem chegar para a população brasileiras em 30 dias após a publicação da portaria no Diário Oficial da União (DOU), o que deve acontecer nesta sexta-feira (30). Dessa forma, entre o final de outubro e começo de novembro, as medicações gratuitas ou com custo reduzido poderão ser retiradas pelo programa Farmácia Popular.

Quantas pessoas deve ser beneficiadas pelos remédios gratuitos?

Com a incorporação dos novos remédios para o tratamento de doenças crônicas, como diabetes e pressão alta, a expectativa é que 2,7 milhões de pessoas sejam beneficiadas com a atualização da lista de medicamentos disponíveis no programa Farmácia Popular, segundo calculo do Ministério da Saúde.