4 mentiras que você acredita que aumenta o Score e não aumentam nada

COMPARTILHE
Por: Jornal Contabil  Data: 10/09/2022 às 11:22
Fonte de Imagem: Ilustração

O Score de Crédito se trata de uma pontuação média pelos birôs de crédito como SPC e Serasa. Normalmente a pontuação vai de 0 a 1.000, indicando as chances de determinado perfil pagar as suas contas corretamente.

Através da pontuação, quanto mais próximo de zero a pessoa tiver o Score de Crédito, maiores são os riscos daquela pessoa não pagar suas contas em dia. Da mesma forma, quanto mais próximo de 1.000, maiores são as chances da pessoa manter o pagamento de suas contas dentro do prazo.

O Score de Crédito é medido através do perfil do consumidor, seja ele pelo pagamento das contas, pela inadimplência, atrasos nos pagamentos, comprometimento de renda e outros.

No entanto, existem muitos mitos quanto ao Score de Crédito que as pessoas acabam acreditando que pode ajudar a subir a pontuação, mas que não são verdades. Nesse sentido, hoje apresentaremos 4 mentiras que as pessoas acreditam que ajudam a aumentar o Score, mas não fazem diferença nenhuma.

4 mentiras que você acredita que aumenta o Score
Vamos conhecer agora cinco mitos que as pessoas acreditam que podem ajudar a aumentar o Score de Crédito junto aos birôs de crédito, mas que, na verdade não ajudam em nada quanto a pontuação.

1. Colocar o CPF na nota
Um dos mitos mais conhecidos está na inclusão do CPF na nota fiscal. Essa ação não mudará em absolutamente em nada sua pontuação de crédito, pois, não é um meio utilizado pelos birôs de crédito para medir o seu Score.

Com o CPF na nota você estará ajudando o governo do seu estado controlar a cobrança de impostos, como o  imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), e evitar a sonegação fiscal.

2. Score aumenta assim que a dívida é paga
Muitas pessoas acreditam que assim que uma dívida que o deixou inadimplente ou que estava em atraso, a pontuação do Score de Crédito aumentará.

No entanto, isso não passa de um mito, tendo em vista que leva-se tempo para que o Score suba, como falamos no início, todo o perfil do consumidor será avaliado para o Score, dessa forma, será preciso que os birôs criem confiança no seu perfil, conforme seus pagamentos para que sua pontuação suba.

3. O Score considera apenas os dados negativos
Muita gente acredita que os órgãos de proteção ao crédito usam apenas os dados negativos para realizar a pontuação, o que é um mito.

Tanto as informações negativas quanto positivas são levadas em consideração para calcular o Score, por isso, até mesmo pessoas com nome limpo podem ter dificuldades para conseguir crédito.

4. Quanto mais eu ganhar mais meu Score vai aumentar
Esse é um dos maiores mitos. Lógico que ganhar mais é algo extremamente positivo, contudo, você pode ganhar R$ 1.212, R$ 5.000, R$ 10.000 ou mais, que só o valor que ganha não fará diferença.

Quanto uma pessoa ganha não é considerado para cálculo do Score de Crédito. O importante não é quanto ganha, mas sim os hábitos financeiros, afinal de contas, não adianta nada você ganhar muito e não ter controle financeiro.