Xuxa processa deputada errada e pede indenização de R$ 150 mil

COMPARTILHE
Por: Bahia Noticias  Data: 30/03/2022 às 11:52
Fonte de Imagem: RP

A apresentadora Xuxa Meneghel recorreu à Justiça após ter recebido críticas da deputada Rosane Felix sobre seu livro que aborda temáticas LGBT+. O problema é que a rainha dos baixinhos acabou direcionando a ação judicial para a deputada Carlla Zambelli. As informações são da colunista Fábia Oliveira.

De acordo com a publicação, Xuxa pediu indenização por danos morais no valor de R$ 150 mil e alegou que a fala de Rosane prejudicou seus negócios.

“Para ensinar o amor e o respeito ao próximo não precisa escrever livro LGBT. Isso se aprende com boas maneiras dentro de casa e na escola. Já não basta a pedofilia, a exploração sexual infantil e agora tem isso? Deixem nossas crianças em paz”, disse Rosane nas redes sociais.

Em sua contestação, Rosane Felix alegou que, no processo, a autoria das declarações mencionadas é direcionada à deputada federal, Carlla Zambelli, e não sua. 

“A ré (Rosane) está confusa, abalada e extremamente chocada, pois a quem este processo se destina? Uma vez que na qualificação como ré, presente está seu nome, Rosane Felix, que é deputada estadual no Rio de Janeiro pelo PSD, mas o trecho destacado nitidamente está escrito ‘deputada federal Carla Zambelli (PSL – SP)’”, argumentou a defesa de Rosane.

Ainda de acordo com a colunista, o processo foi distribuído em 2020, em São Paulo, no entanto, em junho de 2021 foi verificado que os fatos que estão sendo apurados ocorreram no Rio de Janeiro, assim o processo foi redistribuído para o Rio de Janeiro. Em 09/03/2022 Xuxa efetuou o recolhimento das custas processuais para que o mesmo prossiga, tendo sido este o último andamento processual.