Variante Éris da COVID-19 suscita inquietação na OMS.

Fotos: Reprodução/Divulgação 

Fotos: Reprodução/Divulgação 

A nova variante da COVID-19, Éris, está causando preocupação devido ao aumento de casos nas últimas semanas.

Fotos: Reprodução/Divulgação 

Grandes reuniões na Europa, especialmente durante o verão, têm contribuído para o aumento de casos, como observado no sudoeste da França após festivais.

Fotos: Reprodução/Divulgação 

Em agosto, Portugal marcou um crescimento significativo de infecções, com 2.420 casos confirmados em apenas uma semana.

Fotos: Reprodução/Divulgação 

No Brasil, relatórios independentes indicam um aumento de 7% nos testes positivos de COVID-19.

Fotos: Reprodução/Divulgação 

A variante Éris, identificada pela OMS, foi classificada como "variante de interesse" e sua prevalência global aumentou de 7,6% para 17,4% em apenas um mês.

Fotos: Reprodução/Divulgação 

Embora a Éris não pareça ser mais virulenta do que as variantes anteriores, pode levar a um aumento no número de casos se se tornar dominante.

Fotos: Reprodução/Divulgação 

Existe a preocupação de que a Éris possa escapar da imunidade adquirida por infecções passadas e vacinação, e outra subvariante, a BA.2.86, também está circulando em vários países.

Criação:  Aléxia Silveira

Imagens:  Divulgação

Imagens:  Divulgação