Carros elétricos ja sofrem com escassez.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

A crise no mercado brasileiro de automóveis elétricos é atribuída aos custos elevados envolvendo peças e serviços de mão de obra. 

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

A falta de componentes, como baterias e chips, e de profissionais capacitados para a manutenção dos veículos afeta a oferta e a demanda do setor.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

As vendas de carros elétricos caíram 17% em 2023, enquanto as de carros com motor a combustão aumentaram 12% no mesmo período.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

As locadoras de veículos, representando um importante segmento para os carros elétricos, estão dando preferência para os modelos tradicionais, que têm menor custo operacional.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Os fabricantes de carros elétricos também enfrentam dificuldades para obter incentivos fiscais e crédito para investir na produção nacional.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Além disso, a infraestrutura de recarga dos carros elétricos no país ainda é insuficiente e limita a autonomia dos veículos.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Para reverter esse cenário, o setor de carros elétricos precisa de mais apoio do governo, do mercado e da sociedade.

Foto: Redes Sociais ou Banco de Imagens

Criação:  Aléxia Silveira

Imagens:  Divulgação

Imagens de celebridades:  Instagram Outras Imagens: Banco de imagens