Sem EPIs, funcionários da prefeitura de São Sebastiao trabalham com medo de contrair Coronavírus

COMPARTILHE
Por: AlagoasWeb  Data: 13/05/2020 às 10:07
Fonte de Imagem: Redes sociais

A redação do AlagoasWeb recebeu, na segunda-feira (11), denúncias de trabalhadores da área de saúde e limpeza pública do município de São Sebastião, pela falta de Equipamento de Proteção Individual – EPI.

Os trabalhadores afirmam que já existe três casos de agentes de endemias afastados com suspeita de Coronavírus. “Mesmo assim a Secretaria de Saúde do município está obrigando os agentes a entrarem nas residências ariscando a saúde deles e da população”, diz um funcionário, que pediu para não ter o nome revelado temendo retaliações.

Um mutirão organizado pela prefeitura do município para combater os focos de dengue, com a participação de agentes de saúde, de endemias e garis, está obrigado os funcionários visitar 25 imóveis por dia, “no entanto esse trabalho está sendo feito sem material (luvas) suficientes para cada visita”, afirma o denunciante.

“Na manhã da segunda um agente de saúde foi surpreendido durante uma visita, quando ao chegar numa residência uma ambulância estava para levar uma mulher que apresentava sintomas da doença”, completa o agente, “estamos trabalhando com medo, acuados”.

Ainda segundo a denúncia, os funcionários da saúde receberam apenas duas máscaras para trabalhar, “o álcool chegou recentemente e as luvas são entregues com muita dificuldade”, esclareceu.

O agente de saúde lembra que uma norma recente da área de saúde, quanto as atividades realizadas ou apoiadas no período de quarentena, recomenda que devem ser adiadas ou interrompidas ações no período de pandemia.

Mesmo no transporte entre os locais onde estão ocorrendo as ações, os colaboradores públicos estão sendo levados em um ônibus sem usar máscaras. “Essas visitas não eram para estar acontecendo”, lembra o agente, apontando uma nota do Ministério da Saúde.

A reportagem do AlagoasWeb tentou contato com a prefeitura de São Sebastião, mas até momento não teve retorno.