Samu celebra 19 anos de atuação em Alagoas com mais de 940 mil chamados

COMPARTILHE !!
Por: Ascom Samu  Data: 17/12/2022 às 18:16
Imagem: AlagoasWeb/Arq

Com mais de 940 mil chamados recebidos desde o início da operação em Alagoas, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) completa 19 anos de atuação no Estado nesta sexta-feira (16). Atualmente, o Serviço conta com as Centrais Maceió e Arapiraca, responsáveis por regular, também, outras 35 Bases Descentralizadas nos municípios, resultando, assim, na cobertura de 100% do território alagoano.

Desde 2014, o Samu Alagoas conta ainda, com o inovador Serviço Aeromédico. Por meio dele, uma equipe médica de suporte avançado, a bordo de um helicóptero de alta autonomia de voo, realiza socorros emergenciais, inclusive para operações com origem ou destino em outros estados. Alagoas foi o primeiro estado do Nordeste a contar com uma aeronave exclusiva do Samu para salvamentos.

Desde quando foi inaugurado, em dezembro de 2003, foram 769.863 atendimentos realizados a usuários que se afogaram, sofreram queimaduras e se feriram em acidentes de trânsito, quedas de altura e por armas brancas ou de fogo. O serviço também socorreu pacientes com suspeita de Acidente Vascular Cerebral (AVC), Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), além de pessoas acometidas pela Covid-19 e outros casos de urgência e emergência.

De acordo com o supervisor do Samu Alagoas, médico Jhonat Silva, os profissionais que atuam diariamente no serviço merecem todas as congratulações. “Sem o total empenho dos socorristas que estão na ponta do atendimento e de todos os servidores que trabalham nas Centrais e Bases Descentralizadas no interior, não teríamos o sucesso que temos”, afirmou.

Para o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, que iniciou sua trajetória como servidor da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) atuando no Samu Alagoas, o Serviço é fundamental para as políticas de saúde pública.

“Além dos atendimentos primários nas ruas, o Samu ainda atua nas transferências hospitalares de casos complexos, como foi na recepção dos pacientes com Covid-19 vindos de Manaus. Só podemos parabenizar a todos os heróis que atuam neste serviço tão importante para a sociedade”, salientou o secretário.