Saidinha: Suzane von Richthofen, Anna Carolina Jatobá e Elize Matsunaga deixaram penitenciária

COMPARTILHE
Por: g1  Data: 23/12/2021 às 16:52
Fonte de Imagem: g1

As detentas Suzane von Richthofen, Anna Carolina Jatobá e Elize Matsunaga deixaram na manhã desta quinta-feira (23) a penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP), para a chamada “saidinha” temporária de fim de ano.

Suzane foi condenada por matar os pais em 2002. Anna Carolina foi condenada pela morte da enteada Isabella Nardoni em 2008. Elize, que foi condenada por matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga em 2012, saiu com um papel em formato de coração e enviou um recado à filha, com a qual não tem contato por ela ser criada pela família paterna.

O benefício inicia nesta quinta-feira (23) e vai até o dia 3 de janeiro. Têm direito a ele os presos que cumprem pena no regime semiaberto.

Suzane von Richthofen deixa penitenciária para saída temporária de Natal em Tremembé — Foto: Tiago Bezerra/ TV Vanguarda
Elize Matsunaga deixa penitenciária para saída temporária de Natal em Tremembé — Foto: Tiago Bezerra/ TV Vanguarda
Anna Jatobá deixa penitenciária em Tremembé para ‘saidinha’ de fim de ano — Foto: André Bias/ TV Vanguarda

Esta é a quarta ‘saidinha’, como é chamado o benefício, no ano. As anteriores ocorreram em maio, junho e setembro. O calendário é determinado pelo Poder Judiciário e a saída é concedida a presos que apresentam bom comportamento, já cumpriram uma parte da pena e estão no regime semiaberto.

Suzane na faculdade

Este ano, Suzane von Richthofen passou a cursar o ensino superior e a usar o transporte coletivo para se deslocar entre a prisão e a universidade onde cursa faculdade de biomedicina. Alunos e usuários do transporte público flagraram a presa embarcando em um ônibus em novembro.

Suzane obteve autorização da Justiça em setembro para estudar fora da Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, onde cumpre pena. Desde o início das aulas, a presa ia à universidade acompanhada por advogados usando carro de aplicativo na ida e na volta, mas agora tem optado pelo transporte público.