Safadão passa por cirurgia para evitar síndrome grave que causa paralisia

COMPARTILHE
Por: Correio 24 Horas  Data: 09/07/2022 às 15:35
Fonte de Imagem: AGNews

O cantor Wesley Safadão foi submetido a uma cirurgia de coluna na última quinta-feira (7), após seu quadro de saúde se agravar. O artista está afastado dos palcos desde as festas juninas, quando apresentou quadro intensos de dores e cancelou shows. Safadão foi diagnosticado com hérnia de disco. 

O agravamento do quadro foi confirmado pelo médico do artista, o neurocirurgião Francisco Sampaio Junior, em entrevista ao jornal O Globo. Segundo ele, Safadão é uma exceção, pois, normalmente, os pacientes que possuem hérnia de disco não precisam fazer cirurgias. “Geralmente as inflamações são absorvidas automaticamente pelo organismo em cerca de 4 a 8 semanas”, explica. 

Na noite de quarta (6), segundo o profissional, Safadão voltou a fazer queixas de dormência nas partes íntimas e nas nádegas, sintomas graves de um dano neurológico e que podem provocar a “síndrome da cauda equina”. A síndrome grave é causada pela compressão e inflamação do feixe de nervos na parte inferior do canal vertebral, podendo ter como consequência quadros de paralisia, incontinência intestinal, urinária e a outros problemas de sensibilidade, além da perda de movimento.

“Ele poderia usar uma sonda vesical pelo resto da vida. Não havia mais nada a ser feito a não ser a cirurgia de forma muito rápida. Não podíamos esperar e arriscar. O quadro se agravava de uma forma que não é o habitual para uma hérnia de disco”, explica o neurocirurgião.

A cirurgia durou cerca de quatro horas. De acordo com o jornal, Wesley Safadão continua internado, em observação e recuperação, apesar de já apresentar melhoras. A previsão é de que tenha alta até segunda-feira, (11).