Rússia ataca a Ucrânia e explosões são ouvidas em várias cidades

COMPARTILHE
Por: Jovem Pan  Data: 24/02/2022 às 06:35
Fonte de Imagem: Reprodução

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou nesta quinta-feira (24) uma operação militar na Ucrânia para defender os separatistas no leste do país. “Tomei a decisão por uma operação militar”, declarou Putin em uma mensagem inesperada, transmitida pela televisão, pouco antes da meia-noite no horário de Brasília.

Na mensagem, o mandatário russo pediu aos militares ucranianos que “deponham as armas e vão para casa”, e disse que qualquer derramamento de sangue estaria na conta do governo ucraniano de Kiev. O mandatário ainda afirmou que irá retaliar outros países que tentarem interferir na operação e que a intenção não é ocupar todo o território da Ucrânia, e sim as áreas controladas por rebeldes.

Na última segunda, 22, a Rússia reconheceu as independências das repúblicas de Donetsk e Luhansk, internacionalmente reconhecidas como pertencentes à Ucrânia.

Logo após o anúncio de Putin, explosões foram ouvidas na capital ucraniana, Kiev, nas importantes cidades de Dnipro e Kharkiv, nos portos de Mariupol e Odessa e na cidade de Kramatorsk, no leste ucraniano, que fica na república de Donetsk, de acordo com a agência de notícias AFP.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, condenou o anúncio de Putin. “O presidente Putin escolheu (iniciar) uma guerra premeditada que causará perdas e sofrimento humanos catastróficos”, disse Joe Biden em comunicado. A Rússia “é responsável pela morte e destruição que este ataque causará”, insistiu o mandatário norte-americano.