Resultado da lista de espera do Prouni é divulgado. Veja como deve fazer.

COMPARTILHE
Por: Jornal Contábil  Data: 08/04/2022 às 14:30
Fonte de Imagem: Reprodução

Se você é um dos estudantes que se inscreveu na lista de espera do ProUni 2022 já pode consultar a lista de aprovados. Os selecionados terão do dia 08 (hoje) a 13 de abril para fazer a comprovação de informações.

O Prouni concede bolsas de estudo parciais (50%) ou integrais (100%) em instituições de ensino superior privadas de todo o país e acaba de divulgar o resultado da lista de espera do primeiro processo seletivo deste ano.

Para conferir o resultado é preciso acessar ao Portal do Programa e inserir seus dados de login no sistema; após isso, a página com o resultado deve ser carregada.

O que é o Prouni?
O ProUni é o programa do governo federal que oferece bolsas de estudo. Para obter a bolsa integral, o interessado precisa comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. No caso de bolsas parciais (50%), é preciso comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa da família, de até três salários mínimos.

Quais os documentos devem ser apresentados no ProUni 2022?
Os estudantes que foram pré-selecionados precisam comprovar as informações fornecidas. O prazo é de 08 e 13 de abril. A matrícula só é realizada após essa etapa, com a confirmação dos dados inseridos no sistema.

Para essa etapa será preciso apresentar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação (do próprio estudante e de todos que compõem seu grupo familiar, ou seja, residem na mesma casa);
  • Comprovante de Residência;
  • Comprovante de Ensino Médio;
  • Comprovante de Renda (do próprio estudante e de todos que compõem seu grupo familiar, ou seja, residem na mesma casa);
  • Comprovante de professor da educação básica – documento que comprove que o profissional está em exercício do magistério em escola da rede pública.

Caso o estudante tenha sido aprovado através do sistema de cotas, deve conferir os documentos extra que será necessário apresentar, como laudos médicos, no caso de cotas para pessoas com deficiência (PcD). Além disso, as faculdades têm autonomia para solicitar documentos além dos listados pelo Prouni.