Queiroga defende flexibilizar uso de máscaras ao ar livre

COMPARTILHE
Por: Noticias ao Minuto  Data: 09/10/2021 às 20:12
Fonte de Imagem: Reprodução

Ele não deu prazo para autorizar a flexibilização, mas afirmou esperar que ela ocorra em breve

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta sexta-feira, 8, que, com o avanço da vacinação no Brasil, já é possível pensar em retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre. Ele não deu prazo para autorizar a flexibilização, mas afirmou esperar que ela ocorra em breve.

“Temos vacinação equilibrada, podemos pensar em flexibilizar o uso de máscaras no ar livre. Às vezes, a pessoa tá andando de bicicleta sozinha e tem que usar máscara. Pra que isso?”, questionou.

Em entrevista coletiva para detalhar o planejamento da campanha de imunização contra a covid-19 em 2022, Queiroga voltou a dizer que a obrigação do uso da máscara por parte dos governos não serve para conscientizar a população sobre a importância do uso do equipamento. Para sustentar sua tese, ele fez uma analogia com o uso de preservativos para evitar infecções sexualmente transmissíveis.

“Preservativos diminuem DSTs, vou fazer lei que obrigue a usar preservativo? Nosso problema não é máscara, temos que desmascarar algumas pessoas aí, que têm narrativas que não se sustentam”, criticou.

A secretária Extraordinária de Enfrentamento à Covid, Rosana Melo, disse que é preciso ter prudência em relação à liberação das máscaras. “Gostaríamos de ver Zé Gotinha sem máscara, mas não é assim, temos de ter prudência”, declarou, ao falar que vários critérios precisam ser observados em relação à pandemia para decidir sobre isso.