PT processa lideres da Assembléia de Deus que participaram de evento com Bolsonaro

COMPARTILHE
Por: Gospel Prime  Data: 27/04/2022 às 18:38
Fonte de Imagem: Alan Santos/PR

O Partido dos Trabalhadores (PT) entrou com uma representação junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o pastor José Wellington Costa Jr., presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) e o deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), líder da Frente Parlamentar Evangélica.

A representação foi feita por suposta propaganda eleitoral antecipada em um evento com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), na semana passada, em Cuiabá. Bolsonaro participou da 45ª Assembleia Geral Ordinária.

O PT alegou que “a verdade é que os eventos mencionados, apresentados como compromissos oficiais de Jair Messias Bolsonaro, na qualidade de chefe do Poder Executivo, serviram apenas de pretexto para mais um episódio de campanha eleitoral extemporânea”.

No processo, o partido declarou que “o evento não passou de um ato de campanha, a despeito da aparência de culto religioso” e que José Wellington e Sóstenes “discursaram em favor da reeleição do presidente, com a sua anuência explícita”.