PRF resgata 30 aves silvestres no interior de Alagoas

COMPARTILHE
Por: Ascom PRF/AL  Data: 14/02/2022 às 14:36
Fonte de Imagem: PRF/AL

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve dois homens, no domingo (13), por crime ambiental e resgataram 30 aves silvestres. Os casos aconteceram nos municípios de Rio Largo e Canapi, no interior de Alagoas.

A primeira ocorrência aconteceu na manhã de domingo, por volta das 11h15 no km 26 da BR 423, quando a equipe abordou uma carreta, de cor preta. Durante fiscalização, os policiais localizaram, atrás do banco do motorista, 29 aves silvestres, sendo 28 delas da espécie Sporophila Caerulascens, conhecida popularmente como coleirinho, e um Saltator Similes, conhecido como trinca ferro.

Os animais estavam sendo transportados em gaiolas dentro de caixas de papelão. O homem assumiu a propriedade de um dos animais e informou tê-los apanhado em São Paulo/SP e iria entregá-los na cidade de Sapé/PB.

Diante dos fatos, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por caçar, apanhar, vender espécimes da fauna silvestre, maus-tratos, ferir ou mutilar animais. O autor se comprometeu a comparecer em juízo em juízo quando solicitado.

O segundo caso aconteceu no km 85 da BR 104, por volta das 15h30, quando policiais abordaram um Fiesta, de cor preta. Em fiscalização, foi localizado no banco dos passageiros uma ave silvestre, da espécie Sporophila Plumbea, conhecida popularmente como “patativa” transportado em gaiola.

O homem assumiu a propriedade do animal e alegou ter o comprado na feira do passarinho, 04 dias atrás, pelo valor de R$70,00. Ele declarou ainda que iria revender o animal por R$80,00. Diante dos fatos, foi lavrado um TCO por apanhar e vender espécimes da fauna silvestre.

Os animais foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) do Ibama em Maceió/AL, para providências cabíveis.