PRF flagra suposta traição e quase mata ‘amante’ e esposa em motel

COMPARTILHE
Por: Com Enfoquems  Data: 27/11/2021 às 09:23
Fonte de Imagem: Paulo Francis

Uma aparente traição da esposa, fez com que uma jovem quase fosse morta, após ser ‘flagrado’ pelo suposto marido traído, que atirou no então rival. A situação aconteceu na tarde desta sexta-feira (26), em um motel na cidade de Campo Grande (MS).

Um homem, que seria PRF (policial rodoviário federal) atirou em outro, de 32 anos, após flagrar ele com uma mulher, que seria sua esposa, de 35 anos. A tentativa de homicídio aconteceu e durante a confusão, também houve agressão física contra a mulher.

O suposto PRF, teria entrado no local, disparado vários tiros, sendo que um acertou no rosto do homem, e ainda, teria agredido a esposa. Mesmo baleada, a vítima correu para a rua onde pediu socorro e foi levada para a um hospital. A mulher foi levada para uma unidade de saúde e o autor dos disparos fugiu com uma viatura da própria polícia.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu as vítimas, o homem, após fugir do interior do motel ainda sem roupas; e a mulher no quarto do estabelecimento.

Conforme as primeiras informações, o casal estava em um dos quartos, quando o autor entrou e fez os disparos. Foram cinco tiros, sendo que pelo menos um atingiu a boca da vitima baleada. A mulher também sofreu alguns ferimentos de coronhadas na cabeça.

A vítima conseguiu saiu do quarto e pedir ajuda. O individuo chegou até a entrada do estabelecimento e caiu no canteiro. Policiais civis que passavam pela região viram o homem e acionaram o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar.

PM busca marido ou ex-marido da vitima

A polícia faz buscas pelo autor dos disparos, que, segundo informações, seria marido ou ex-marido da mulher. Ele estaria com outra pessoa.

Conforme o delegado Marcos Damasceno, da 2ª Delegacia de Polícia Civil, foi feita perícia no quarto do motel e encontrado um projétil. Também foram identificadas duas marcas de tiro no carro em que as vítimas teriam chegado ao local, um Fiesta prata. Ainda segundo a polícia, havia bastante sangue no local.

O delegado afirmou que o PRF teria seguido a esposa e o homem até o motel e ficou com o carro do lado de fora. Aproximadamente 15 minutos depois, ele entrou a pé, pelo portão de saída, e foi até o quarto onde as vítimas estavam, onde fez os disparos.

O autor é procurado e responderá pela tentativa de homicídio e violência contra mulher.