PRF apreende três cargas de tijolos com Notas Fiscais fraudadas na BR 101 em São Sebastião

COMPARTILHE
Por: Ascom PEF/AL  Data: 02/03/2022 às 16:48
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Arq

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 25 mil tijolos transportados com Notas Fiscais fraudadas durante o feriado do carnaval. Foram abordados três caminhões que transportavam a mercadoria nesta situação. Os casos aconteceram, no sábado (26), na segunda-feira (28) e nesta quarta-feira (02) no município de São Sebastião.

A primeira ocorrência foi registrada por volta das 15h10, no km 205, da BR 101, quando a equipe abordou caminhão Ford Cargo, de cor prata. O condutor apresentou Nota Fiscal referente a uma carga de oito mil tijolos, com destino final na cidade de Xexeu-PE. No entanto, o condutor informou que estava transportando nove mil tijolos para a cidade de Arapiraca.

O segundo caso ocorreu por volta das 20h55, no mesmo local, quando a equipe abordou o caminhão Volkswagen 24.250, de cor amarela. O condutor apresentou uma Nota Fiscal da mesma empresa, referente a uma carga de oito mil tijolos, com destino final para a cidade de Xexeu-PE. No entanto, o condutor informou que estava transportando nove mil tijolos que seriam entregues no bairro do Trapiche em Maceió.

O último caso ocorreu no km 205 da BR 101, às 8h55, quando a equipe abordou um caminhão Mercedes Benz. O condutor afirmou que não estava com o documento fiscal da mercadoria, mas que pediria para que a empresa enviasse. Quando o documento foi apresentado, foi verificado que a Nota Fiscal havia sido emitida após a abordagem do caminhão pela polícia. A nota fiscal era relativa a sete mil unidades de tijolos e foi emitida por empresa diferente da listada nos casos anteriores. Além disso, o documento fiscal indicava o Estado de Pernambuco como destinatário da carga, porém indicava como destinatário o próprio condutor, que afirmou que seu único endereço é no município Campo de Brito/SE, o que foi confirmado após averiguação pela polícia. Havia ainda uma agenda no veículo descrevendo que as últimas entregas deveriam ocorrer no Estado de Alagoas.

Diante dos fatos, foi acionada a Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas (SEFAZ/AL) para procedimentos cabíveis, sendo emitidos os Termos de Apreensão das cargas. Foram realizados também os Boletins de Ocorrências policiais pela PRF por fraude/falsificação de documento fiscal.