Prêmio de R$ 1 mi atrai vaqueiros do Brasil para vaquejada em Alagoas

COMPARTILHE
Por: Array / Assessoria  Data: 24/11/2019 às 08:55
Fonte de Imagem: Reprodução

Vaqueiros e vaqueiras de todo Brasil se encontram em Alagoas, de 27 de novembro à 1º de dezembro, na 2ª Grande Vaquejada do Milhão. O evento oferece a premiação rara de R$ 1 milhão à competidores em dez categorias.

Segundo o organizador do evento, o empresário e criador do Rancho Vale Rico, Cícero Andrade, esse ano o evento deverá bater  o número me 2 mil vaqueiros e 900 animais  inscritos  que foram registrados na edição passada.

“Já temos confirmação de competidores de todo Nordeste, além de representantes do Rio de Janeiro, Pará, São Paulo e amigos de Minas Gerais. O mercado e o segmento estão aguardando com expectativa positiva nossas atividades deste ano”, informou Andrade.

De acordo com o regulamento da vaquejada, serão distribuídos  R$ 400 mil para categoria profissional  e R$230 mil  entre os vencedores da prova amador. Já nas categorias Derby aberto e Master, as premiações serão  de R$ 60 mil e R$50 mil, respectivamente. Para profissionais light, o prêmio valerá R$ 40 mil. As classes Feminina, jovem  e mirim, contarão com os prêmios de R$ 20 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil, respectivamente.

Tradição
Alagoas possui tradição no esporte como estado produtor de genética equina para vaquejada e vaqueiros de destaque. Representante ilustre do estado, o vaqueiro Celso Vitório sagrou-se  Hexacampeão brasileiro da modalidade. Natural de Arapiraca, Celso é presença confirmada  na 2ª Vaquejada do Milhão.

“Competir na mesma vaquejada que Celso Vitório é  oportunidade de aprendizagem por toda sua habilidade em pista. Nosso conterrâneo nasceu com o dom para fazer vale o boi na faixa e é uma atração à parte para quem ama a vaquejada”, ressaltou Andrade.