PM combate furto de energia em estabelecimento comercial no interior de Alagoas

COMPARTILHE !!
Por: Assessoria  Data: 11/01/2023 às 09:52
Imagem: Reprodução

A Equatorial Alagoas participou nesta terça-feira (10), de uma ação integrada conduzida pela Secretaria de Segurança Pública, por meio do 10º Batalhão de Policia Militar de Palmeira dos Índios, que teve como objetivo coibir o furto de energia elétrica em um estabelecimento comercial localizado no município de Minador do Negrão.

Durante a operação, denominada de “Minador do Gato”, foi constatado que o local onde funcionava uma loja de material de construção, localizado no centro da cidade, havia sido desligado pela Distribuidora de energia em 2018, e foi ligado por conta própria pelo proprietário do estabelecimento, que não estava pagando pelo seu consumo.

Além disso, a unidade também fornecia energia de forma irregular para uma residência que ficava por trás do estabelecimento comercial. Segundo o levantamento feito pela Distribuidora, a irregularidade pode ter gerado um prejuízo de mais de R$ 40 mil.

Durante a ação, as equipes técnicas da Equatorial Alagoas realizaram a suspensão do fornecimento da unidade e registraram um boletim de ocorrências junto as autoridades policiais de Palmeira dos Índios para os trâmites legais. O proprietário do imóvel não foi localizado.

O gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Alagoas, Carlos Morais, reforçou a importância do combate e inibição desse tipo de ato ilegal para manter a qualidade de energia elétrica que é distribuída aos alagoanos.

“É importante destacar que o furto de energia elétrica, conhecido também como ‘gato’ e o ato de fraudar medidores, classificado como estelionato, são crimes previstos nos artigos 155 e 171 do Código Penal Brasileiro, respectivamente, e vamos continuar dando todo suporte para a Polícia Militar, a fim de coibir essas práticas que acabam prejudicando a qualidade de energia das unidades consumidoras, ocasionando oscilações e possíveis interrupções aos clientes em situação regular”, mencionou o gerente.

Denúncias
As denúncias de ligações clandestinas e irregulares podem ser feitas anonimamente na Central de Atendimento da Equatorial através do telefone 0800 082 0196 ou no site al.equatorialenergia.com.br. Ao acessar o site oficial, o cliente terá acesso a uma área para fornecer dados sobre a situação, como por exemplo: endereço, município, código único a ser denunciado, número do medidor de energia, pontos de referência e também o espaço conta com a opção para anexar imagens e vídeos que possam auxiliar na análise do caso. Depois de registrada no sistema, uma equipe será encaminhada para realizar a inspeção. Vale ressaltar, que todas as denúncias são sigilosas.