Paulo Dantas é eleito ‘governador tampão’ de Alagoas

COMPARTILHE !!
Por: Agência Brasil  Data: 15/05/2022 às 17:19
Imagem: Reprodução

O estado de Alagoas tem novo governador. Foi eleito hoje (15) Paulo Dantas, em eleição indireta realizada na Assembleia Legislativa de Alagoas. O mandato tampão de Dantas se encerra em 31 de dezembro. O vice-governador eleito é José Wanderley. Dantas é deputado estadual e Wanderley é médico. Ambos são do MDB, partido do último a ocupar o posto, Renan Filho. A chapa emedebista recebeu 21 votos dos 27 possíveis.

Dantas tem 43 anos, nasceu em Maceió, é formado em administração e está em seu primeiro mandato como deputado estadual. José Wanderley Neto é natural de Palmeira dos Índios, tem 72 anos, é médico cardiologista e já exerceu o cargo de vice-governador do Estado, no período de 2007 a 2011, na primeira gestão do ex-governador Teotônio Vilela Filho.

Veja como votou cada parlamentar:

  • Marcelo Victor (MDB) – chapa 8
  • Galba Novaes (MDB) – chapa 8
  • Yvan Beltrão (MDB) – chapa 8
  • Francisco Tenório (PP) – chapa 8
  • Paulo Dantas (MDB)- chapa 8
  • Marcos Barbosa (Avante) – chapa 8
  • Bruno Toledo (MDB) – chapa 8
  • Ângela Garrote (PP) – chapa 8
  • Antônio Albuquerque (Republicanos) – branco
  • Breno Albuquerque (MDB) – chapa 8
  • Cabo Bebeto (PL) – chapa 2
  • Cibele Moura (MDB) – chapa 8
  • Davi Maia (União) – chapa 6
  • Dudu Ronalsa (MDB) – chapa 8
  • Fátima Canuto (MDB) – chapa 8
  • Flávia Cavalcante (MDB) – chapa 8
  • Gilvan Barros Filho (MDB) – chapa 8
  • Inácio Loiola (MDB) – chapa 8
  • Jairzinho Lira (PSD) – chapa 8
  • Jo Pereira (PSDB) – chapa 7
  • Léo Loureiro (PP) – chapa 8
  • Ricardo Nezinho (MDB) – chapa 8
  • Ronaldo Medeiros (PT) – chapa 8
  • Silvio Camelo (PV) – chapa 8
  • Tarcizo Freire (PP) – chapa 8

Os deputados Davi Davino Filho (PP) e Olavo Calheiros (MDB) não compareceram à sessão.

Eleição indireta
A eleição indireta para o governo estadual é necessária porque, em abril, o então governador Renan Filho cumpriu o prazo de desincompatibilização e deixou o cargo para disputar as eleições para o Senado, conforme determina a legislação eleitoral.

Com a saída, o vice-governador, Luciano Barbosa, eleito na chapa de Renan, deveria assumir, mas não estava mais no cargo, porque venceu as eleições de 2020 e se tornou prefeito de Arapiraca. O primeiro na linha sucessória seria o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Vitor (MDB). No entanto, ele preferiu não assumir o governo do estado, porque ficaria impedido de concorrer à reeleição, e convocou as eleições indiretas.

Com os impedimentos, coube ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Klever Loureiro, último na linha sucessória, assumir o posto interinamente. O edital de convocação da eleição foi contestado pelo PP e o caso foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF).

Após analisar um recurso do PP, o ministro Gilmar Mendes determinou que fossem formadas chapas únicas para a disputa e reabriu o prazo para o registro das candidaturas.