Operação Luz na infância 9 cumpre mandados contra envolvidos com pedofilia em Coruripe e Maceió

COMPARTILHE
Por: Ascom PC/AL  Data: 30/06/2022 às 09:18
Fonte de Imagem: PC/AL

A Polícia Civil de Alagoas participa da Operação ‘Luz na Infância 9’, deflagrada nesta quinta-feira (30). No Estado, o trabalho está sendo coordenado pela delegada Teila Rocha, da Delegacia de Crimes contra Crianças e Adolescentes (DCCCA).

A ação faz parte de uma mobilização nacional para combater crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet e foi articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública(MJSP) por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi).

A Operação Luz na Infância 9 foi deflagrada com a participação da Polícia Civil de 13 estados (AL, BA, ES, GO, MA, MS, MT, PA, PB, PR, RN, RS e SP). O foco é identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

Em Alagoas a Polícia Civil cumpriu dois mandados nos municípios de Maceió e Coruripe. Foram empregados policiais civis da DCCCA, Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit), Delegacia Regional de Penedo e peritos da Polícia Cientifica

Na capital alagoana a PC prendeu em flagrante um homem de 28 anos, no bairro do Tabuleiro dos Martins. “A ação inicial visava a busca e apreensão, mas no local já foi constatado que ele armazenava imagens com conteúdo pornográfico infantil”, frisou a delegada Teila Rocha.

Além do Brasil, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Brasil e em mais seis países: Argentina, Estados Unidos, Costa Rica, Paraguai, Panamá e Equador.

Houve a colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Homeland Security Investigations (HSI).

Balanço das Operações
Em suas oito edições anteriores, realizadas entre 2017 e 2021, a ‘Luz na Infância’ já cumpriu mais de 1.600 mandados de busca e apreensão e prendeu cerca de 760 suspeitos de praticarem crimes cibernéticos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes em todo o Brasil e nos países participantes da ação.

Os primeiros resultados serão apresentados em coletiva de imprensa, às 11h, com a participação do Diretor de Operações Integradas, Fernando  Oliveira, do coordenador-geral de Combate ao Crime Organizado da Seopi, Carlos Bock; do coordenador do Laboratório de Operações Cibernéticas da Seopi, Alesandro Barreto e do presidente do Conselho Nacional dos Chefes das Policias Civis  (CONCPC) Mário de Resende.

Os resultados das operações anteriores foram os seguintes:

Luz na Infância 1: 20 de outubro de 2017. Foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Foram presas 108 pessoas.

Luz na Infância 2: 17 de maio de 2018. As Polícias Civis dos Estados cumpriram 579 mandados de busca, resultando na prisão de 251 pessoas.

Luz na Infância 3: 22 de novembro de 2018. Operação deflagrada no Brasil e na Argentina com o cumprimento de 110 mandados de busca, resultando na prisão de 46 pessoas.

Luz na Infância 4: 28 de março de 2019. Operação deflagrada em 26 estados e no Distrito Federal resultou no cumprimento de 266 mandados e 141 pessoas presas.

Luz na Infância 5: 04 de setembro de 2019. Operação deflagrada em 14 estados e do Distrito Federal, além dos Estados Unidos, Paraguai, Chile, Panamá Equador e El Salvador. A ação resultou no cumprimento de 105 mandados e 51 pessoas presas.

Luz na Infância 6: 18 de fevereiro de 2020. Operação envolveu policiais civis de 12 estados, além dos Estados Unidos, Colômbia, Paraguai e Panamá. Foram cumpridos no Brasil e nos quatro países 112 mandados de busca e apreensão.

 Luz na Infância 7: 06 de novembro de 2020. Operação envolveu policiais civis de 12 estados, além dos Estados Unidos, Argentina, Paraguai e Panamá. Foram cumpridos no Brasil e nos quatro países 136 mandados de busca e apreensão.

Luz na Infância 8: 09 de junho de 2021. Operação envolveu policiais civis de 18 estados, além dos Estados Unidos, Equador, Argentina, Paraguai e Panamá. Foram cumpridos no Brasil e nos quatro países 176 mandados de busca e apreensão.