Operação da Polícia Civil de Alagoas prende militares e indiciados por homicídio

Crime aconteceu em outubro do ano passado, no Conjunto Village Campestre II

COMPARTILHE
Por: Ascom PC/AL  Data: 22/07/2020 às 12:36
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Arquivo
Crime aconteceu em outubro do ano passado, no Conjunto Village Campestre II

A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) realizou  operação, na manhã desta quarta-feira (22), comandada pela delegada Tacyane Ribeiro, para cumprimento de mandados de prisão preventiva, busca e apreensão contra quatro pessoas indiciadas pelo crime de homicídio qualificado em que foi vítima Luciano de Albuquerque Cavalcante.

O crime ocorreu por volta das 10h20, do dia 25 de outubro de 2019, na Avenida Ministro Lindolfo Collor, no Conjunto Village Campestre II, no bairro Cidade Universitário, em Maceió.

Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Criminal da Capital/Júri.

A vítima foi executada com sete disparos de arma de fogo, de munição calibre .40. O motivo do crime teria sido um desentendimento acerca de um terreno no bairro Forene.

Dois policiais militares foram presos, sendo que na casa de um deles foi encontrada uma arma de fogo do tipo pistola Glock, calibre .380. Os outros dois presos não são policiais.

Durante a busca domiciliar, também foi localizada um revólver calibre .38 na residência de outro indiciado.

O inquérito instruído com várias provas técnicas já foi concluído.