Nova espécie de árvore é descoberta na Mata Atlântica em Alagoas e batizada em homenagem a Hermeto Pascoal

COMPARTILHE !!
Por: Yahoo  Data: 21/10/2022 às 05:51
Imagem: Reprodução/IMA

Uma nova espécie de árvore gigante, que pode chegar a até 30 metros de altura, foi descoberta na cidade de Branquinha. Do gênero Dipteryx, que pertence à família das leguminosas, a árvore foi catalogada como “Dipteryx hermetopascoaliana”, uma homenagem ao célebre compositor e multi-instrumentista alagoano Hermeto Pascoal. A descoberta foi publicada na revista científica “Botanical Journal of the Linnean Society”, no último dia 9.

Os pesquisadores encontraram a espécie em uma Área de Proteção Permanente (APP) dentro de uma propriedade particular, num resquício da Mata Atlântica. Como o bioma é o mais devastado do país – atualmente restam cerca de 10% da sua cobertura original – a hermetopascoaliana já nasceu considerada como uma espécie ameaçada.

Na propriedade, em um fragmento de floresta cercado de lavouras de cana-de-açúcar, foram encontradas uma árvore já adulta e duas jovens. A descoberta foi resultado da tese de doutorado da pesquisadora Catarina Silva de Carvalho, da Escola Nacional de Botânica Tropical do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBJR). O artigo ainda tem como coautores Haroldo Cavalcante de Lima e Domingos Cardoso, do JBRJ, Débora Zuanny, da Universidade Federal da Bahia, e Bernarda S. Gregório, da Universidade Estadual de Feira de Santana.

– Assim como Hermeto é símbolo de resistência da diversidade da cultura brasileira dentro do universo infinito do jazz, através de seu tempero nordestino e de natureza universal, sendo referência mundial, a árvore gigante Dipteryx hermetopascoaliana que catalogamos é símbolo de resistência da megadiversidade da Mata Atlântica – escreveram os autores da descberta.

O gênero Dipteryx é comum na Amazônia e no Cerrado, onde existem espécies como o cumaru e o baru, respectivamente. Já sua presença na Mata Atlântica é algo inédito, o que aumenta a importância da descoberta.

Nesta sexta-feira (21), às 14h, os pesquisadores farão uma apresentação sobre a nova espécie, em um painel da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que acontece no Jardim Botânico até o próximo domingo (23). O evento é aberto ao público.