No Dia de Finados, Centro de Maceió abrirá em horário especial

COMPARTILHE
Por: Ascom Fecomércio AL  Data: 29/10/2021 às 13:33
Fonte de Imagem: AlagoasWeb/Arquivo

Shoppings funcionarão em horário normal

Na próxima terça-feira (2/11), Dia de Finados, os shoppings de Maceió funcionarão em horário normal, segundo informa a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL). A entidade comunica também que o Centro de Maceió abrirá em horário especial, das 8h às 14h, de acordo com a Aliança Comercial.

No Maceió Shopping, as lojas âncoras estarão abertas às 9h e as lojas satélites e a praça de alimentação, às 10h, sendo o expediente encerrado às 22h. O Shopping Pátio Maceió estará com horário novo a partir do dia 1º de novembro, abrindo das 9h às 22h; horário que será mantido no Dia de Finados. Também com amplo funcionamento no dia 2, o Parque Shopping Maceió seguirá normalmente das 10h às 22h e, o Shopping Farol, das 9h às 18h. As salas de cinema dos estabelecimentos atenderão ao público com a programação habitual.

Supermercados

Os supermercados irão manter o atendimento ao público nos horários convencionais, com o Atacadão funcionando das 7h às 22h, Palato Farol e Palato Praia das 7h às 22h, Palato Parque das 7h às 20h e Palato Ponta Verde aberto 24h. As unidades do Unicompra abrirão normalmente.

Interior

Os Sindicatos do Comércio Varejista (Sindilojas) filiados à Fecomércio informam o funcionamento dos estabelecimentos de seus respectivos municípios. Em Palmeira dos Índios, Arapiraca e União dos Palmares, as lojas do Comércio funcionam a critério do empresário que desejar abrir, desde que observada a legislação trabalhista. Em Penedo, o comércio estará fechado, segundo o Calendário de Dias Especiais e Feriados de 2021.

A Federação reforça que, mesmo com a redução dos casos de Covid-19, conforme sinalizam os indicadores do Governo do Estado, ainda é preciso observar os cuidados com a saúde coletiva. Por isso, a orientação é que as empresas e os consumidores continuem com as medidas de distanciamento social, a exemplo do uso obrigatório de máscara, higienização com álcool em gel 70% e o respeito à distância mínima entre as pessoas, principalmente nas marcações nas filas.