Mulher beija na boca homem que tentou matá-la com cinco tiros

COMPARTILHE
Por: Array / AlagoasWeb com agências  Data: 29/01/2020 às 11:24
Fonte de Imagem: Álvaro Pegoraro/Folha do Mate

Planos do casal agora é se casa

Uma mulher tomou uma atitude inusitada durante o julgamento do homem que tentou matá-la. A vítima, que foi atingida por disparados de arma de fogo, pediu permissão ao juiz para beijar o réu (seu namorado). Mesmo sem autorização, ela foi até ele e o beijou na boca.

De acordo com os autos do processo, a vítima estava em uma praça da cidade quando o namorado atirou nela sete vezes e atingiu cinco.

Micheli Schlosser, de 25 anos, disse, ao prestava depoimento durante o júri, que tudo aconteceu depois que ela provocou o namorado, Lisandro Rafael Posselt (28 anos). “Ele nunca tinha me agredido, sempre foi muito bom para mim e já pagou pelo erro dele”, revelou. Ela completou dizendo que Lisandro foi o melhor homem com quem se relacionou na vida.

A mulher ainda pediu autorização, ao juiz presidente da sessão, João Francisco Goulart Borges, para visitar o namorado na prisão, mas o pedido foi negado, no entanto, ela não perdeu a oportunidade de abraçar o homem e beijar durante o julgamento.

Ao ser ouvido, o réu pediu uma nova chance aos jurados, dizendo que não quer voltar para ‘aquele inferno'(Penitenciária Estadual de Venâncio Aires). O advogado de defesa disse que a vítima é a mais interessada no julgamento e ela já perdoou o réu.

Ele foi condenado a 7 anos de prisão em regime semiaberto e, segundo a mulher (Micheli), o plano do casal agora é se casar.