Mais trabalhadores receberão o PIS veja se você foi incluído

COMPARTILHE
Por: Jornal Contábil  Data: 24/03/2022 às 15:06
Fonte de Imagem: Ilustração

Segundo dados divulgados pelo próprio Ministério do Trabalho e Previdência, cerca de 1,6 milhão de trabalhadores foram habilitados a receber o abono salarial PIS/Pasep. A inclusão dos novos beneficiários foi possível graças a uma revisão de cadastro pelo Dataprev. 

Em resumo, o reprocessamento de dados foi realizado devido a inconsistências encontradas nas informações da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais). O objetivo da medida “é garantir o correto direito dos trabalhadores e evitar a necessidade de pedidos de revisões adicionais”, explica o Dataprev. 

Vale lembrar que o repasse dos dados a Rais, é uma obrigação do empregador, caso este procedimento apresente irregularidades, ou simplesmente não seja feito, os direitos do funcionário ficam comprometidos, o que inclui, o recebimento do abono salarial. 

Sobre o abono salarial PIS/Pasep
O abono trata-se de um benefício concedido aos trabalhadores, anualmente, em geral após o ano de referência. Ou seja, empregados que atuaram de carteira assinada no último ano, em tese, receberiam o benefício em 2022. 

Contudo, devido a atrasos no pagamento do abono salarial ano-base 2020, o referido benefício somente está sendo liberado em 2022, de modo que o provento referente aos meses trabalhados em 2021, somente deve ser concedido em 2023. 

Assim sendo, para estar habilitado a receber o Abono Salarial PIS/Pasep que vem sendo concedido este ano, é preciso se enquadrar nos seguintes critérios. 

  • Possuir cadastro no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos; 
  • Ter atuado de carteira assinada por, ao menos, 30 dias em 2020; 
  • Ter recebido remuneração média de até dois salários mínimos no decorrer de 2022; 
  • Ter tido seus dados devidamente informados pelo empregador a RAIS. 

Vale lembrar que o PIS (Programa de Integração Social) é destinado a empregados da iniciativa privada, enquanto o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público), é voltado para servidores públicos, como o nome sugere. 

A grande diferença entre os dois programas, além do público alvo, é onde receber os pagamentos, entendendo que a liberação do PIS é feita pela Caixa Econômica Federal. Já a concessão do Pasep é de responsabilidade do Banco do Brasil (BB). 

Abono salarial de R$ 1.212
O valor do abono é determinado conforme o salário mínimo vigente do ano em que o provento é concedido, e com os meses trabalhados de carteira assinada no ano-base. 

Sendo assim, o trabalhador receberá o proporcional dos meses trabalhados em 2020, considerando o teto de R$ 1.212 (piso vigente em 2022). Confira: 

Número de meses trabalhadosValor do Abono Salarial
1 mês (mínimo de 30 dias)R$ 101
2 mesesR$ 202
3 mesesR$ 303
4 mesesR$ 404
5 mesesR$ 505
6 mesesR$ 606
7 mesesR$ 707
8 mesesR$ 808
9 mesesR$ 909
10 mesesR$ 1.010
11 mesesR$ 1.111
12 mesesR$ 1.212