‘Lula mandou matar Celso Daniel’, diz revista

COMPARTILHE
Por: Array / O Tempo  Data: 25/10/2019 às 11:45
Fonte de Imagem: Epitácio Pessoa/Estadão Conteúdo

No depoimento a que revista teria tido acesso, o operador do mensalão garante ter ouvido Ronan Maria Pinto dizer que o ex-presidente era o mandante do crime

Um depoimento de Marcos Valério ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP), a que teria tido acesso a revista “Veja”, aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como envolvido no assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, após um sequestro em 2002.

Na reportagem publicada por “Veja” nesta sexta-feira (25), o operador do mensalão declara que Lula e outros representantes do PT foram chantageados por um empresário de Santo André, que ameaçava implicá-los na morte de Celso Daniel. Assim, o ex-presidente teria dado seu aval para pagar o chantagista e evitar que ele fosse apontado como o responsável pelo crime.

No depoimento, o operador do mensalão disse ter ouvido desse empresário, identificado como Ronan Maria Pinto, que o ex-presidente foi o mandante do assassinato. Segundo a “Veja”, por considerar graves as informações colhidas, o promotor Roberto Wider Filho teria encaminhado o depoimento de Valério ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público. Assim, ele teria sido anexado a uma investigação sigilosa.