Juíza manda soltar homem que agrediu a esposa, quebrou as janelas e móveis de casa

COMPARTILHE
Por: Só Noticias  Data: 28/06/2022 às 13:23
Fonte de Imagem: Ilustração

A juíza plantonista mandou soltar, sem aplicar fiança, o homem, de 25 anos, preso pela Polícia Militar, no último sábado à noite, suspeito de agredir a esposa, de 30 anos, em uma residência no bairro Daury Riva. Além das agressões, ele teria a ameaçado com um canivete, bem como quebrou móveis e janelas.

A magistrada alegou a não aplicação de fiança apontando que o suspeito trabalha como auxiliar de depósito com salário de pouco mais de R$ 1,5 mil, mas embora tenha informado renda fixa, considerou que “estamos no final do mês”, bem como que o homem não tem ninguém em Sinop. “Tais fatos demonstram que, caso aplicada a fiança, não terá condições de arcar com o valor”.

Por outro lado, ela definiu medidas cautelares, como o afastamento “do lar, domicílio ou local de convivência com a ofendida, pelo agressor”, além da proibição de manter contato com a vítima e seus filhos (por qualquer meio de comunicação), proibição de se ausentar de Sinop por mais de 30 dias sem autorização judicial, e outras.

No dia da prisão, os policiais registraram que ao chegarem no local encontraram os filhos da mulher, de 12 e 8 anos, chorando. Estes informaram que o padrasto havia agredido a vítima e estaria com um canivete. Na abordagem, os militares encontraram a arma no bolso dele.

O casal vive junto há cerca de um ano e meio. No dia da agressão, o homem passou o dia em casa ingerindo bebida alcoólica e quando a vítima estava fazendo o jantar, ele passou a ficar exaltado e passou a agredi-la, bem como quebrou os móveis e janelas com um pedaço de madeira.

Os filhos interviram às agressões e o suspeito recebeu voz de prisão.