Jovem que ‘cultua a morte’ mata tia a facadas e golpes de panela na cabeça

COMPARTILHE
Por: Correio 24 Horas  Data: 25/01/2022 às 21:16
Fonte de Imagem: Arquivo/PC-AC

Uma mulher foi morta com vários golpes de facas e pancadas na cabeça na noite dessa segunda-feira (24), na cidade de Feijó, no Acre. A autora do crime foi a sobrinha, de 14 anos, que foi apreendida e confessou tudo.

Segundo informações da polícia, cedidas ao g1, a adolescente primeiro esfaqueou o primo de 10 anos e o trancou em um quarto, logo depois, partiu para cima da tia. O menino ficou com ferimentos na região do pescoço.

Além das facadas, a vítima, identificada como Maria Antonieta de Souza Abreu, de 38 anos, foi agredida com uma panela. A vítima morreu no local e teve o corpo levado ao hospital da cidade para a realização de exames

Para o delegado Railson Ferreira, responsável pelas investigações, o crime pode ter sido premeditado. Um diário mantido pela menina foi encontrado com conteúdos sobre morte.

“Ela conta com uma tranquilidade… Disse que não havia uma preparação. Sobre o diário que encontramos, ela disse que era porque ela cultua a morte, que gosta. Mas, acredito que havia, sim, um planejamento”, afirmou o delegado.

“Foram muitas facadas e ela bateu demais com a panela na cabeça da tia. A faca ficou cravada na vítima. Nunca tinha visto tanto sangue na minha vida. Ela disse que foi porque a tia pegava no pé dela, não deixava ela sair, não deixava namorar. Mas eu não acredito nisso”, completou o titular.

Após o assassinato, a menina chegou a deixar um bilhete manchado de sangue dizendo “Eu estive aqui”, junto a um desenho de um coração.

A polícia tenta obter imagens de câmeras de segurança da região e vai ouvir testemunhas para concluir as investigações.