Indígena é primeira criança vacinada contra a covid no Brasil

COMPARTILHE
Por: Canal Tech  Data: 14/01/2022 às 14:56
Fonte de Imagem: Folhapress/Renato S. Cerqueira

A primeira criança brasileira foi vacinada contra a covid-19, nesta sexta-feira (14). Para marcar o início da imunização daqueles que têm entre 5 e 11 anos, o menino indígena Davi, de 8 anos, da etnia Xavante do Mato Grosso, recebeu a fórmula da Pfizer/BioNTech. A criança está em tratamento em São Paulo.

Após a primeira aplicação da vacina da covid-19 naqueles que têm entre 5 e 11 anos, outras sete crianças também foram imunizadas em evento simbólico que ocorreu no Hospital das Clínicas, em São Paulo.

  • Gianlucca, de 9 anos, com atrofia muscular cerebral do tipo 1;
  • Cauê, de 11 anos, com síndrome de Down;
  • Luís Felipe, de 11 anos, com síndrome de Down;
  • Valentina, de 6 anos, com histórico de transplante de rim;
  • Leonardo, de 5 anos, com síndrome de Down;
  • Caio, de 10 anos, com histórico de um transplante de rim;
  • Graziely, de 8 anos, com síndrome de Down.

Agora, estas crianças deverão receber daqui a 8 semanas a segunda dose da vacina da Pfizer, completando o esquema vacinal contra a covid-19. Igual aos adultos e adolescentes, os menores devem receber duas doses.

Vale lembrar que a imunização oficial de crianças contra a covid-19 no estado começará apenas na segunda-feira (18), quando pais e familiares poderão levar os filhos de 5 a 11 anos para se imunizarem, desde que se enquadrem nos critérios dessa etapa da campanha.

Além de São Paulo, cada estado brasileiro deve ter seu próprio cronograma, por isso é importante conferir os detalhes da sua cidade antes de ir até o posto.

Como vai ser a vacinação de crianças contra covid?

Neste primeiro momento, a prioridade são crianças com algum tipo de comorbidade ou deficiência, além de indígenas e quilombolas, conforme orienta o Ministério da Saúde. Em seguida, todos os menores poderão ser imunizados contra covid-19.

Na madrugada de quinta-feira (13), o primeiro lote de vacinas infantis da Pfizer — a única autorizada para uso no Brasil para esta faixa etária — desembarcou no país. A primeira remessa chegou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, carregando 1,2 milhão de doses.

Para o mês de janeiro, devem chegar, no total, 4,3 milhões de doses do imunizante, o que deve garantir a primeira dose para uma parcela significativa das crianças brasileiras.